André Horta: «Ser campeão no Sp. Braga é mais difícil do que no Benfica, logo deixaria outra marca»

Admite o papel acrescido no balneário nesta sua terceira época seguida nos guerreiros, a quarta no total

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

Esta é a quarta época de André Horta no Sp. Braga, a terceira consecutiva. Mas o médio, com passado no Benfica, assume que o seu braguismo "é um amor que foi crescendo ao longo dos anos" e até falou do maior impacto que teria ser campeão pelo Sp. Braga em comparação com o emblema da Luz.

"Rodeei-me de pessoas que querem muito fazer o clube crescer. Eu gosto de desafios, sou muito competitivo... E se calhar... não digo melhor ou mais fantástico, mas é mais difícil, logo deixaria outra marca se fores campeão no Sp. Braga do que seres no Benfica. Impacto que teria? Não se consegue medir...", disse, no podcast 'Pod: Ser do Braga', com o comediante Rui Xará.

"Aqui sinto-me em casa, é um clube que me acolheu há quatro anos. É verdade que já passei um ano fora, mas é como se não tivesse saído daqui. Mas fui mantendo contacto através dos grupos do whatsapp, como se eu estivesse presente. Mantiveram-me em todos os grupos. Tinha uma relação muito próxima com o míster Abel e com o presidente António Salvador e praticamente falávamos todos os meses. E isso também facilitou o meu regresso", disse André Horta, que chegou a passar pelos Los Angeles FC, dos Estados Unidos.

"Esta é a minha terceira época seguida no clube e, com muitas mudanças que o plantel vai sofrendo, acabamos também por ter um papel acrescido no balneário, de responsabilidade, no relacionamento com os jovens jogadores, incluindo os que vêm das equipas secundárias do clube. Temos de acolhê-los bem", apontou ainda.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas