António Salvador recusa-se a revelar se pediu o título de campeão ao plantel

No início da A segunda fase de construção da Cidade Desportiva, líder bracarense revela ambição

António Salvador e o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, durante a visita à Cidade Desportiva do Sp. Braga
• Foto: MOVENOTICIAS

A segunda fase de construção da Cidade Desportiva do Sp. Braga arranca em setembro para estar pronta dentro de "um ano e meio", anunciou esta terça-feira o presidente do clube bracarense, António Salvador.

Em declarações aos jornalistas após uma visita às novas instalações do Sp. Braga, que juntou dirigentes 'arsenalistas' e uma comitiva da Câmara Municipal de Braga, Salvador falou em obra que "todos os bracarenses, sócios e adeptos, bem como atletas" e na "responsabilidade" que o projeto acarreta para o clube.

"As condições não nos trazem títulos, mas trazem-nos mais trabalho e mais responsabilidades para sermos melhores e mais eficazes no futuro. Vamos trabalhar para que a equipa principal do Sp. Braga tenha mais atletas de base, mais atletas formados aqui. Depois desta primeira fase, a segunda avança em setembro e dentro de ano e meio vamos estar cá todos para inaugurar o projeto total da Cidade Desportiva", disse António Salvador.

Em causa, um projeto que na globalidade está orçado em cerca de 20 milhões de euros e que inclui campos de treino, instalações desportivas para várias modalidades, pavilhão e zona residencial.

A primeira fase, o centro de formação, começou a ser utilizado na segunda-feira e António Salvador e o presidente da autarquia bracarense, Ricardo Rio, elogiaram o investimento feito, com o segundo a vincar, também, a mais-valia para o concelho e para outras coletividades concelhias.

Depois de uma temporada em que terminou em 5.º lugar na liga e questionado sobre ambições para a próxima época desportiva, António Salvador realçou que "tudo será feito para fazer um grande campeonato", sem confirmar se pediu o título de campeão aos jogadores.

"Em 2010, quando fomos vice-campeões, estava num estágio e propus prémios aos jogadores e, pela primeira vez, propus um prémio para campeão e os jogadores riram-se. Mas o que é certo é que não fomos campeões esse ano, não porque não tivéssemos qualidade, mas porque não nos deixaram", referiu.

Já à pergunta "se este ano prometeu o prémio de campeão", Salvador respondeu: "Não vou dizer. Podemos não ter o melhor, os melhores jogadores ou o melhor orçamento, mas vamos ter com certeza o caráter e a vontade dos grandes clubes."

O Sp. Braga, que regressou aos trabalhos em 19 de junho, arranca a época no dia 27 com o primeiro jogo para a Liga Europa.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas