Bakic e Pedro Tiba na luta pelo onze

Vukcevic está firme a meio-campo na Taça de Portugal e na Liga Europa mas precisa de parceiro

• Foto: Luís Vieira
Rotação máxima em Braga para a defesa da Taça de Portugal, na eliminatória de domingo, frente ao Santa Clara. Entra assim em ação, de imediato, a estratégia de continuidade que o treinador José Peseiro está a preparar para produzir efeitos igualmente na Bélgica, para a Liga Europa.

Os escassos quatro dias de intervalo entre as partidas não deixam margem de erro, pelo que o técnico deverá apostar no montenegrino Vukcevic como referência do meio-campo nos dois compromissos. É esse o ponto de partida para a gestão de um sector nevrálgico, sujeito ainda por cima a um par de condicionantes incompatíveis com o que seria o cenário ideal para José Peseiro.

Contas feitas, Xeka, que tem sido uma revelação fruto da confiança que recebeu do treinador, não está inscrito na UEFA, e o pilar Mauro, expulso na última jornada europeia, ante os turcos do Konyaspor na Pedreira, também não pode jogar na Bélgica. Face a este cenário, ambos também devem ficar de fora da equação para a receção ao Santa Clara devido à dinâmica que o meio-campo terá de apresentar na próxima semana, em Gent, e que implica adquirir ritmo após um longo período de paragem competitiva.

Bakic e Pedro Tiba, dupla que curiosamente foi titular na receção aos belgas, surge como alternativa à disposição de José Peseiro para a vaga em aberto no eixo do miolo. O montenegrino, que representou o Belenenses na época passada, acaba por deter algum favoritismo nesta luta a dois devido à sua qualidade técnica.
Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas