Conselho de Disciplina absolve Sp. Braga de processo relativo à época 2019/20

Em causa estavam cinco jogos, entre os quais a receção ao Sporting, ainda com Rúben Amorim no Minho

• Foto: José Gageiro/Movephoto
O Conselho de Disciplina da FPF absolveu o Sp. Braga de um processo disciplinar relativo a cinco jogos da temporada 2019/20, em que estiveram em causa questões enquadradas como inobservância de outros deveres e a forma como foram evitadas manifestações de violência.

Os encontros em questão foram as receções ao P. Ferreira (15 de dezembro de 2019), Tondela (12 de janeiro de 2020), Gil Vicente (8 de fevereiro de 2020), Portimonense (6 de março de 2020) e ainda a receção ao Sporting, a 2 de fevereiro, quando Rúben Amorim ainda era o treinador arsenalista e que terminou com vitória minhota.

Esse duelo ficou marcado por manifestações de parte dos adeptos bracarenses visando a Liga Portugal, tendo inclusive sido erguida uma tarja com a seguinte mensagem: "A nossa identificação é o cartão de cidadão. A vossa é o enriquecimento ilícito e a corrupção."

Refira-se que o Regulmento Disciplinar foi alterado, com o artigo 118.º a ser mais favorável aos clubes. O Sp. Braga poderia ter sido punido com base noutro artigo, infração mais leve, mas aí já estava prescrito.
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas