Dyego Sousa tem dívida de golos

Avançado foi poupado com o Portimonense

• Foto: Simão Freitas

O Sp. Braga está a ultrapassar o período de menor fulgor da época, com três derrotas, um empate e uma única vitória na última mão-cheia de jogos e nem a chamada do melhor marcador ao onze minimizou os danos. Dyego Sousa foi o maior beneficiado da lesão de Paulinho e lá teve a oportunidade que há tanto tempo reclamava, principalmente pelos golos que ia marcando quando era chamado, nem que fosse em escassos minutos ao saltar do banco.

A verdade é que o brasileiro ficou em branco na Turquia, quando a equipa precisava de segurar o 1º lugar no grupo da Liga Europa, voltou a não acertar na baliza na deslocação de má memória ao terreno do Marítimo, onde o fosso para o 5º classificado podia ter subido para 7 pontos e, alguns dias mais tarde, repetiria a ineficácia em Setúbal na despedida inglória da Taça CTT. Pelo meio, marcou apenas na vitória fácil para o campeonato diante do Belenenses, no Municipal.

Após um mês de dezembro com o estatuto de titular, mas não propriamente de goleador, Dyego Sousa sabe que precisa de marcar e ajudar a equipa a somar vitórias nas próximas jornadas do campeonato. Os arsenalistas estão pressionados a vencer Boavista e Rio Ave, não só para acabar com a crise de maus resultados, mas também para ver se se aproximam do 3º lugar já que ainda neste mês de janeiro vão medir forças com o Benfica.

Por Ricardo Vasconcelos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas