Palhinha comenta acerto salarial: «Um acordo justo e estamos de parabéns»

Médio aponta à conquista do 3.º lugar no final desta Liga e lamenta eliminação europeia

• Foto: Luís Vieira/Movephoto

Face aos efeitos da Covid-19, o Sp. Braga acertou com o plantel uma cativação de parte do salário, tal como Record noticiou em devido tempo. Algo que fez com que Palhinha não temesse pelo futuro enquanto jogador.

"No nosso caso não senti isso, receio nem medo. O grupo de trabalho, a equipa A e o presidente, sempre fomos sinceros uns com os outros. O presidente sempre nos alertou para a realidade. Chegámos a um acordo justo, pois nada seria igual como antes e teria de haver cedências da nossa parte neste momento que vivemos. Acho que estamos todos de parabéns por isso. Antecipámo-nos e fomos dos primeiros clubes, vendo a comunicação social, a chegar a acordo para baixar a parte salarial e para o clube não sofrer consequências e toda a gente sair menos mal da situação", explicou, em entrevista à SIC Notícias.

"Sinto falta dos jogos, dos treinos, da vida social. Saudades de ir almoçar ou jantar fora, passear, as pequenas coisas normais mas que neste momento valorizamos mais do que antes. Tenho dado mais valor à parte da culinária e tenho aproveitado para fazer bolos, assados... Estou melhor cozinheiro do que antes", confidenciou.

Acreditando que será possível retomar o campeonato, Palhinha tem bem definida a fasquia da ambição. "Claro que o objetivo é manter o 3.º lugar. É difícil chegar ao 2.º e 1.º, não é impossível teoricamente mas é muito difícil. O principal objetivo é acabar a Liga no 3.º lugar", disse.

Será a forma desejada pelos guerreiros do Minho de concluir uma temporada marcada pela conquista da Allianz Cup. "O momento alto no Sp. Braga foi, sem dúvida, a conquista da Taça da Liga. É um troféu, que me marca também como jogador. Foi especial, pois celebrámos na nossa cidade com os nossos adeptos, e nunca me irei esquecer desse momento", apontou, antes de lembrar o ponto negativo da época.

"O momento menos bom está a ser este... Bem, custou-me termos sido eliminados da forma que aconteceu na Liga Europa. Custou-me muito digerir a derrota com o Rangers, tínhamos equipa para chegar mais longe na Liga Europa. Mostrámos isso na fase de grupos, num grupo muito complicado e com equipas nada inferiores ao Rangers. O futebol é assim... Mas essa eliminação ficou entalada", afirmou ainda Palhinha, antes de deixar bem vincado o estatuto dos arsenalistas: "Para mim há quatro grandes!"

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas