Sp. Braga revela testemunho de passageiro que ia no mesmo avião que Sá Pinto

Alexandre Carvalho corrobora a versão apresentada pelo técnico

• Foto: Ricardo Nascimento

Alexandre Carvalho, um dos passageiros que estava no mesmo voo do qual foi retirado Ricardo Sá Pinto pela polícia esta sexta-feira no Aeroporto de Faro, deu conta do sucedido através de um relato no qual acaba por confirmar a versão apresentada pelo técnico do Sp. Braga no comunicado enviado às redações. Na sua descrição, Alexandre Carvalho acusa mesmo o chefe da tripulação de cabine de ter agravado toda a situação perante o seu "ar altivo, arrogante e provocador"

Leia o relato

"Estava no mesmo voo onde aconteceu o incidente. Vi-o embarcar, pois já estava dentro do avião. E vi tudo o que se passou. O problema começou com o chefe da tripulação de cabine, que por sinal era uma pessoa bastante arrogante, que falava com uns modos bruscos para os passageiros. A mim, inclusive, disse-me de uma forma bastante rude que tinha de retirar os auriculares. Não me agradou... Com o Sá Pinto fez o mesmo quando lhe disse que era para retirar a mala, quando foi cumprimentar alguém. Depois porque estava com a perna esticada, disse de modo desagradável para recolher a perna, quando não havia necessidade disso. E depois o Sá Pinto exaltou-se um pouco. Nunca o tratou mal, mas falou alto. Exaltou-se...

Parece-me que a situação foi agravada pela atitude do assistente de bordo, que não tentou apaziguar. Manteve sempre um ar altivo, arrogante e provocador, até. Tanto que as pessoas que estavam ao lado de Sá Pinto, depois de a polícia ter chegado e o avião ter voltado para trás, ofereceram-se de imediato para ficarem como testemunhas abonatórias a seu favor.

Nós estávamos prontos para levantar... O chefe de cabine falou com o comandante e voltámos para a zona de embarque. Chamaram a polícia para retirar o Sá Pinto de bordo. Depois acabámos por levantar voo. Penso que foi uma situação que um assistente de bordo normal não teria deixado acontecer, pois teria tentado apaziguar as coisas. Não tenho dúvidas. Ali, se calhar, quis mostrar que era quem mandava ali. Disse mesmo que o Sá Pinto ali dentro não era ninguém. Foi bastante desagradável..."

32
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas