Treinador do Ludogorets: «Queremos mostrar a nossa verdadeira cara»

Stanislav Genchev acredita numa vitória sobre o Sp. Braga que relance os búlgaros no Grupo F

• Foto: Ludogorets TV
Stanislav Genchev volta a assumir o comando técnico do Ludogorets na Liga Europa, depois de ter liderado a equipa de Razgrad na primeira jornada da fase de grupos, mas aí porque o treinador Valdas Dambrauskas estava infetado com Covid-19. Desta vez é porque... o técnico lituano rescindiu mesmo o contrato com o Ludogorets, desfecho formalizado pelas partes, por mútuo acordo, na semana passada após alguns dias de negociações.

"Os jogadores são familiares e nós fizemos a nossa análise ao opositor. Sabemos que eles mudam a constituição da equipa com regularidade. No futebol moderno, é algo feito por várias equipas. Quero que todos os jogadores completem esta tarefa. Eu tenho uma ideia de como o Sp. Braga irá começar. Mas se isso não acontecer, continuo a ter uma ideia do que teremos de fazer", apontou Stanislav Genchev, de 40 anos, na conferência de imprensa.

O treinador diz que será "importante a forma como a equipa abordará este jogo". "O nosso grupo é muito nivelado, onde todos podem vencer todos. Quero que mostremos a nossa verdadeira cara e com a ajuda dos adeptos vencer os três pontos", anotou, consciente da importância do desafio, depois de apenas um ponto somado nas primeiras duas jornadas da fase de grupos da Liga Europa.

"Todas as vitórias dão confiança. Não tivemos sucesso até agora e é por isso que a nossa meta é vencer o Sp. Braga e continuar na luta por um dos primeiros lugares que nos permitam avançar na competição", disse ainda o treinador búlgaro.

Os defesas Anton Nedyalkov e Cicinho são cartas fora do baralho: o primeiro por estar lesionado e o segundo por estar castigado.
Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas