Trincão abre o livro: falar sobre o Sp. Braga com Messi e a curiosidade de ser... rapper

Avançado sublinhou ainda a relação com o avançado Paulinho e diz que levaria Fransérgio para Camp Nou

• Foto: Luís Vieira
Uma das questões colocadas a Trincão no seu diálogo com os adeptos foi se irá perguntar a Messi - quando rumar ao Barcelona para a próxima época - se conhece Braga. Ora, a resposta do avançado foi clara.

"Ao longo dos anos, o Sp. Braga tem feito por elevar o seu nome a nível europeu e mundial, no futebol e noutras modalidades. As pessoas não vêem só o futebol, por isso acredito que o Sp. Braga está a ganhar mais nome. E sim, certamente vou poder falar sobre o Braga com o Messi", disse Trincão, bem disposto, revelando até quem levaria consigo para Camp Nou.

"Essa pergunta é difícil... Mas o Fransérgio está sempre a dizer-me: 'Eu posso ir, fico lá para te ajudar e dar conselhos, só para estar lá contigo e passar a bola.' Acho que levaria o Fransérgio comigo", atirou, antes de formar um onze só com os melhores jogadores da atualidade na sua posição. Curiosamente, o primeiro nome a surgir foi o do astro argentino com quem vai partilhar balneário na próxima temporada. "Messi, Ronaldo, Mbappé, Neymar, Sancho... Trincão! [risos] Di Maria, Mané, Salah... Faltam mais dois... Bernardo Silva e Sterling". 

As saudades de Paulinho e a... dança com David Carmo

Trincão deixou elogios ao colega de equipa Paulinho. "É um jogador muito inteligente, joga muito, ajuda-me bastante, dá-me muito na cabeça tamém, mas acho que a pergunta devia ser feita ao contrário: perguntar ao Paulinho qual é a sensação de jogar com o Trincão", atirou, entre risos, antes de ser confrontado com nova questão sobre o ponta-de-lança dos arsenalistas. 

"Vou sentir saudades de cruzar para a área e saber que vai estar lá alguém como ele a fazer golos de cabeça. O Paulinho também vai sentir a minha falta...", assinalou.

Nesta conversa houve tempo para Trincão revelar que, se fosse para uma ilha deserta com um jogador do plantel, levaria com ele o defesa-central David Carmo: "Ele daria sempre ambiente, estaríamos sempre a ouvir música, a dançar, a fazer qualquer coisa..."

E por falar em música, o jovem avançado revelou a curiosidade em conhecer um mundo bem diferente: "Experimentava ser um rapper, só para saber como são os estúdios, os concertos, a sensação de cantar e como seria o 'backstage' e essas coisas todas."
Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas