Vontade de Bakic segurou acordo

Exigências de última hora da Fiorentina tinham levado a SAD a desistir do montenegrino

• Foto: Simão Freitas

Marko Bakic vai mesmo representar o Sp. Braga até 2021, apesar de o negócio ter chegado a ser dado como abortado durante o dia de ontem, fruto de alterações contratuais que haviam sido introduzidas pela Fiorentina sem aviso prévio. A jornada foi intensa, mas a vontade do médio teve um peso decisivo no desfecho. O seu desejo de representar os arsenalistas levou o emblema viola a recuar nas suas exigências, respeitando o acordo que havia sido estabelecido inicialmente.

Dessa forma, e tendo já realizado exames médicos em Portugal, Marko Bakic verá o seu vínculo por 5 temporadas ao Sp. Braga tornar-se oficial nas próximas horas. A SAD minhota paga um milhão de euros faseados em dois anos e o Benfica deverá ter direito de preferência numa futura venda. Um epílogo a contento dos interesses do montenegrino e dos bracarenses, mas que esteve seriamente ameaçado. Ao que Record apurou, António Salvador ficou muito desagradado com a quebra de confiança provocada pela Fiorentina e estava mesmo disposto a deixar cair Bakic. Entre os pontos que causaram maior desagrado destaca-se a exigência de garantias bancárias, algo que iria onerar bastante a operação para o Sp. Braga, além de criar dificuldades logísticas que não haviam sido contempladas nas conversações. De resto, Bakic recebeu indicação da Fiorentina para viajar até ao Minho precisamente porque já tinha sido alcançado um acordo. Com tudo assinado entre o Sp. Braga e o médio, os documentos foram enviados para Itália e voltaram com alterações que causaram choque e quase abortaram a transferência. A estrutura do meio-campo para Peseiro atacar a Supertaça está agora definida.

Por Vítor Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas