Vukcevic de ‘castigo’

Médio não demonstrou a atitude desejada pelo técnico e voltou a ser excluído da convocatória

• Foto: Simão Freitas

O médio Vukcevic é mais um alvo da ira de Jorge Simão. O médio não correspondeu ao empenho que o técnico exige ao plantel e está de ‘castigo’, voltando a ser excluído da convocatória para a receção ao Tondela já depois de não ter sido chamado para a Madeira. "Faltou-lhe atitude guerreira? Se defendo os meus princípios, as minhas decisões são com base nisso. O Vukcevic é um jogador do plantel, estava apto, mas uma decisão técnica fez com que não fosse a jogo", disse Simão na sua conferência de imprensa.

A questão é que o bósnio tem contrato até 2020, pelo que se trata de uma ação que pode ter retorno, ao contrário do que sucedeu com André Pinto, riscado em definitivo e enviado para a equipa B, tal como Record revelou. "Não conto mais com o André Pinto e ele tem de resolver a sua situação contratual com o clube. É uma decisão irrevogável", confirmou Jorge Simão, que separou as águas em relação a Bakic, na formação secundária para poder competir. "O Bakic é uma situação diferente e anterior. Neste momento não conto com ele, mas isso poderá mudar no futuro", explicou.

Certo é que, no início do ano civil, Jorge Simão teceu rasgados elogios a André Pinto, tanto no plano futebolístico como da liderança. "Assumo essa declaração, naquele contexto, porque disse o que pensava. Fui contratado para construir uma equipa que personifique os guerreiros do Minho e tenho de tomar decisões, umas mais populares outras menos, que têm o objetivo de criar uma identidade forte", concluiu.

Por José Mário
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas