João Pereira: «Podemos ser campeões? Temos demonstrado isso»

Defesa acredita na recuperação dos leões

• Foto: Miguel Barreira

João Pereira foi titular do lado direito da defesa do Sporting e lamentou o empate consentido já nos últimos 10 minutos aos pés do "lanterna vermelha" Tondela.

"Não foi o resultado que queríamos. Jogávamos em casa, estamos em primeiro lugar e queríamos consolidar o lugar. Não foi possível, infelizmente. Não entrámos muito bem no jogo, sofremos um penálti e ficámos com menos um. Entrámos com muita vontade para a segunda parte, acreditávamos que era possível dar a volta e mostrámos que isso estava ao alcance. A ganhar 2-1, sofremos o empate, é algo que acontece no futebol. Penalizou-nos em dois pontos", disse em declarações à Sport TV logo após o apito final (2-2) da partida, lembrando que o Sporting esteve mais de uma hora com menos um jogador face à expulsão de Rui Patrício. "A jogar com menos um tivemos de correr mais. Nos últimos 5 minutos notou-se o cansaço e o Tondela, com jogadores rápidos na frente, tentou aproveitar. Fez um golo numa bola batida na frente. Acontece…"

Sobre a contestada arbitragem de Luís Ferreira, João Pereira não quer falar. "Não falo de árbitros. Já me deixei disso, não vale a pena. Há pessoas indicadas. Vejam e comentem."

Título é possível

O lateral-direito português salientou ainda que o Sporting tem jogado para ser campeão e não é um empate que vai desanimar o grupo leonino.

"Podemos ser campeões? Temos demonstrado isso. Não é um resultado menos bom que nos vai deixar lá em baixo. Continuamos em primeiro e temos de acreditar no trabalho que desenvolvemos durante a semana. Espero que no final possamos festejar."

Por Pedro Ponte
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.