Varandas perde recurso no TAD

Presidente do Sporting contestou suspensão de 45 dias

• Foto: Paulo Calado

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) rejeitou o recurso apresentado por Frederico Varandas, que contestou um castigo que lhe foi aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, de 45 dias de suspensão e multa de 7.650 euros, em fevereiro passado.

Em causa estão as críticas do presidente do Sporting à arbitragem de Luís Godinho, no Sporting-FC Porto, de outubro de 2020. O TAD frisou que o líder "excedeu os limites da liberdade de expressão" e julgou o recurso improcedente. O árbitro Pedro Melo votou vencido. 

Por Record
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas