Balanço e recandidatura, futuro de Amorim, escutas e mercado: tudo o que foi dito por Frederico Varandas

Presidente do Sporting abordou, numa entrevista na CNN Portugal, a atualidade do clube e do futebol português

• Foto: Lusa

Ao Minuto

17.01.2022
Fim da entrevista: um resumo do que foi dito por Frederico Varandas

Frederico Varandas confirmou, em entrevista à CNN Portugal, que vai recandidatar-se à presidência do Sporting nas eleições de 5 de março, tendo como objetivo "terminar o fosso para os rivais", fosso esse que, sublinha, foi reduzido no seu primeiro mandato.

Entre muitos elogios a todos os colegas de direção, diretor desportivo, treinador e equipa, Varandas disse não recear a cobiça que existe em Rúben Amorim nem temer a saída do treinador. E vincou que a rápida aposta no treinador impediu que este "fosse para um rival no final da época."

Sobre mercado, admitiu interesse em Marcus Edwards, do V. Guimarães, mas sem que Tabata seja moeda de troca. "À data de hoje dificilmente vamos ter mexidas. Ficava contente com o plantel que temos", acrescentou.

As escutas do processo Cartão Vermelho também foram tema. "Para mim não são novidade", disse o presidente do Sporting, deixando uma garantia: "no Sporting familiares de presidentes sócios de agentes, a cobrar comissões, direitos televisivos... Seguramente não haverá. Neste Sporting não existe."

17.01.2022
Frederico Varandas lembra escutas de 2004 a Pinto da Costa: «Em algum país de primeiro mundo tem condições para ser presidente?»

"Tenho processo crime por essas afirmações sobre Pinto da Costa. Não tiro uma vírgula ao que disse. Disse o que todos os portugueses pensam, também é verdade que há muitos que pensam mas não se importam. Não é o meu caso, nem é o caso do Sporting. Mas é por haver tantos que não se importam, é por isso que o país está tão atrasado. É o que penso, o que os portugueses pensam, mas simplesmente... Eu tive coragem, disse o que acho, acredito num estado de direito, onde existe liberdade de expressão. Não acredito que serei condenado, mas deixe-me dizer que se for surpreendido com isso, guardarei a condenação ao mesmo nível das condecorações que tenho. Estamos a falar em escutas... todos os dias aparecem agora. Já viu a gravidade das escutas em 2004? Quando temos um presidente a oferecer prostitutas a árbitros? Em algum país de primeiro mundo tem condições para ser presidente? E se considera é porque está muito atrasado. Custa ver comentadores a criticar ética nos políticos, mas depois no futebol apoiam. Parece que não há valores."

17.01.2022
Sobre as escutas: «Familiares de presidentes sócios de agentes, a cobrar comissões, direitos televisivos... no Sporting não haverá»

"Se estão todos sob escuta, vão aparecer do Sporting. As escutas de Hugo Viana com agentes e isso vai ser de certeza... Mas no Sporting familiares de presidentes sócios de agentes, a cobrar comissões, direitos televisivos... Seguramente não haverá. Neste Sporting não existe e isso orgulha muito os sportinguistas"

17.01.2022
Sobre Luís Filipe Vieira: «Estes casos, para mim, não são novidade nenhuma»

"O que já dizemos há anos, defendemos transparência absoluta, isto é uma coisa muito cara, ganhar é muito importante, mas a forma como ganhamos é também importante. Pensamos que estes casos, para mim, não são novidade nenhuma. Para ninguém o são. Acredito que a montanha não vai parir um rato. Estas escutas, as que interessam, quem é arguido e investigar até às últimas consequências."

17.01.2022
Varandas: «Não me preocupa se existe uma aliança entre FC Porto e Benfica»

Aliança entre rivais?

"Não tenho nenhum sinal que haja essa aliança. Não me preocupa. O Sporting tem feito o caminho sozinho, sem nenhuma aliança. Estamos habituados a trilhar o nosso caminho sozinhos, muitas vezes orgulhosamente sós. Não me preocupa se existe uma aliança entre FC Porto e Benfica."

17.01.2022
Varandas e as trocas de jovens com o FC Porto: «Fizemos do ponto de vista puramente desportivo»

Trocas de jogadores com FC Porto?

"O Sporting fez trocas apostando no valor desportivo do jogador. Fizemo-lo com o Gonçalo Esteves, um jovem de 17 anos, com o Marco Cruz, outro internacional português, ainda mais jovem, em quem acreditamos. Fizemos do ponto de vista puramente desportivo. Porque é que o FC Porto as fez, terá de lhes perguntar. O Sporting não pôs essas trocas nos resultados, no relatório e contas."

17.01.2022
Varandas: «Amorim? Foi jogada de antecipação. Caso contrário estaria num rival no final da época»

Futuro de Amorim

"Nunca liguei muito ao que se diz sobre Amorim, caso contrário nunca o teria contratado. Todos achavam que não era bom para o Sporting. Foi uma jogada de antecipação, foi um momento decisivo, se não estaria num rival no final do ano, não tenho dúvidas. Quando fechámos Amorim já havia pressão para ele não assinar pelo Sporting. Amorim dificilmente vai encontrar na carreira uma estrutura como esta. A função de um presidente é reunir e fazer acreditar num projeto. Sporting chegou a um momento, em 2020, quando pode ir buscar este treinador, tem ao seu lado uma estrutura espectacular. Amorim é jovem, está no primeiro ano da Champions e vai aos 'oitavos', campeão e está a discutir os outros títulos. É um treinador brilhante, um homem normal, como o presidente ou outros administradores. É um excelente líder. Amorim tem um contrato que quis assinar, até 2024, se me preocupar com Amorim tenho de me preocupar se vai haver sismo em Lisboa. Saída? Não é hipótese. Amorim é inteligente, sabe que está a crescer, tem as condições ideias para crescer. Se calhar não vai estar 10 anos no Sporting, 8, 6, 4... Sei que assinou um contrato e está feliz. É um não assunto para nós. Ele é muito transparente. Claro que não tenho plano B. O Amorim é muito feliz no Sporting, para mim é um não-assunto. Sofríamos por não ter o Amorim, agora estamos a sofrer por o ter? Eu não, que não sofro nada. Preparado para o perder? É um não-assunto para nós, para mim e para o treinador."

17.01.2022
Sobre Marcus Edwards: «Não vou mentir. É um jogador que interessa ao Sporting...»

"Não vou divulgar. O objetivo era manter o plantel que temos, seria o objetivo. Temos um departamento de scouting, que nos dá alternativas se fizerem falta. Tabata? Por troca não! Completamente fora. Nunca existiu. Não vou mentir. [Edwards] É um jogador que interessa ao Sporting, ao nosso treinador, é interessante, mas interessava há algum tempo e não chegámos a acordo. Posso gostar de uma coisa, mas se colocar em risco a sustentabilidade do clube, não. À data de hoje dificilmente vamos ter mexidas. Ficava contente com o plantel que temos. Se pudesse ter 70 milhões, claro que reforçaria. É óbvio que se pudesse ter mais um central direito e ponta de lança, teríamos. Mas não vale a pena chorar com o que não é possível."

17.01.2022
Varandas não quer adeptos a fazer "chacota" de Bruno de Carvalho no Big Brother: «Fragiliza o clube»

Bruno de Carvalho no Big Brother

"Muito se tem comentado a presença do ex-presidente Bruno de Carvalho no Big Brother. Jamais vou fazer juízos do valor sobre quem quer que seja. Pode entrar naos programas que quiser. Esse é um problema que os sócios do Sporting já resolveram. Muitas vezes é frequente circularem vídeos do ex-presidente Bruno de Carvalho no Big Brother, a fazerem chacota… Apelo e peço aos sportinguistas para não partilharem, para não alimentarem isso. Por uma simples razão: foi e será sempre um ex-presidente do Sporting. E ao fazerem-no estão a fragilizar o nosso clube."

17.01.2022
«Não têm de gostar do presidente, mas sim das equipas»

Clima com claques

"Sou muito claro quando vencemos o campeonato e discursei na Câmara, o Sporting precisa da paixão de todos. Eles também já me conhecem, este mandato foi claro para perceber a nossa forma de trabalhar. Seja quem for, só existe porque existe o Sporting. Eles existem para servir o Sporting e não o contrário. Não negoceio isso. A mensagem passou. O ano em que fomos campeões, este ano, tenho visto um apoio grande. Não têm de gostar do presidente, mas sim das equipas. Chegando ao ato eleitoral, têm de votar"

17.01.2022
Frederico Varandas: «Sei que chegará a um momento em que a bola não vai entrar»

"Com opiniões positivas fico sempre lisonjeado, tal como vi agora esta carta aberta de 200 notáveis, que é uma palavra que não gosto de utilizar, não acho que haja… É um adjetivo que não considero justo. Há sócios conhecidos e outros que não o são. Claro que fico sensibilizado quando ando na rua e os sportinguistas vêm agradecer-me. Em relação às sondagens, obviamente fico sensibilizado, mas não é por dizerem que fizemos um grande mandato ou mau trabalho que vamos alterar o nosso clube. É uma das qualidades da minha equipa, sermos imunes ao que se diz. O futebol é muito volátil. Sei que hoje tudo é maravilhoso, que ganhámos muitos jogos no último minuto, que muitos títulos e jogos vão ser decididos em pequenos detalhes, e que vai haver vezes que não vamos ganhar. O sucesso não é eterno, e esse é o maior desafio de uma liderança. Sei que chegará a um momento em que a bola não vai entrar e que o fulano A, B, C ou D, que foi fundamental para a conquista do titulo, dizem que já não presta. Já perdi a ingenuidade de querer mudar o mundo, mas o mundo também se vai moldar a mim. Acredito no processo e na forma como trabalhamos. Quanto mais vezes trabalharmos bem, mais perto vamos estar de vencer."

17.01.2022
Frederico Varandas: «Hoje é muito mais fácil contratar, mas há três anos não era»

Pontos mais baixo e alto?

"Delineámos uma estratégia e o rumo não tem sucesso imediato. Apostámos num sucesso desportivo alicerçado na formação, onde tivemos de reduzir o investimento e a massa salarial, 18 milhões de euros. Era inevitável haver percalços desportivos. Hoje é muito mais fácil contratar, mas há três anos não era. É mentira (que o Sporting tenha invertido o rumo quando contratou Amorim). Quando o Sporting termina em 4.º, e esse foi o momento mais negativo do mandato, nesses dois anos reduzimos em 10 milhões os salários. 'Varandas está morto, perdido'. Eu ouvia isto. Era fácil ter pegado no meu administrador Salgado Zenha e dizer para invertir isto porque vamos perder. E sabe o que fizemos no ano em que fomos campeões? Ainda reduzimos mais 8 milhões, no futebol e modalidades. A verdade é que conseguimos ser campeões. Tenho de dar mérito ao meu treinador, ao meu diretor desportivo, aos meus jogadores. Vejo muitos comentadores dizer que o Sporting foi campeão por causa da pandemia, porque não tinha píblico. Gostaria que se mostrasse… São dados públicos dos relatórios e contas dos três grandes. O Sporting é campeão nacional e em custos operacionais (salários, toda a parte operacional, tratamento da relva, viagens…) em 91,9 milhões. O Sporting foi campeão nacional com cerca de 60 por cento dos cursos operacionais do Benfica e 54 por cento do FC Porto. O meu treinador e diretor desportivo e jogadores têm um mérito enorme e que nunca será suficiente elogiá-los."

17.01.2022
Sobre o Belenenses SAD-Benfica: «Não devia ter havido jogo»

"Achei que não devia ter havido jogo. Havia um regulamento, mas não devia ter havido jogo. É um jogo... os números ficam lá. O melhor ataque fica lá, num campeonato tão competitivo. É um mau episódio no futebol português."

17.01.2022
«A arbitragem está muito melhor, sem dúvidas»

"O Sporting tem uma maneira clara e transparente e ter colaborado por lutar por um melhor futebol, íntegro, transparente e positivo. Considero, sem dúvidas, que a arbitragem está muito melhor. A herança dele (Fontelas Gomes) foi terrível. Até achei curioso há uns tempos o Vítor Pereira dizer que é sportinguista. Não tem ajudado muito recentemente. Foi um retrocesso, uma desgraça. Basta ver o caso dos emails... Ninguém sentia, nem a Federação, foi feito um trabalho muito positivo. Está a evoluir. Está perfeito? Não! Os clubes estão perfeitos? Não. O VAR tem passado por dores de crescimento. O Sporting agora é mais respeitado, porque também se dá ao respeito. Não é fazer barulho, protestarr para inglês. Nós falamos pouco, mas quando temos de falar, falamos. Em três anos e meio falei com Fontelas Gomes várias vezes e nunca critiquei um árbitro ou pedi um árbitro. Ele pode comprovar isso. Dou o meu feedback de como as coisas podem evoluir"

17.01.2022
«Nuno Santos sabe que fez mal»

Polémica no final do jogo com o Vizela

"Hoje de manhã na Academia, falei com ele e disse-lhe o que achava. Gerou muito falatório por culpa do Nuno Santos. É um grande jogador, decisivo para sermos campeões nacionais. É um profissional de futebol. Sabe que vai ser insultado, tem de saber. Não vai ser sancionado internamente, vai ser advertido. Ele próprio sabe que fez mal"

17.01.2022
Frederico Varandas: «Quero terminar o fosso para os rivais»

O que pretende para as eleições?

"Sou um democrata. Dos 42% que tive na primeira eleição, em dois candidatos estavam 80% dos votos, eu e o Benedito. Quero é que o Sporting ganhe. O clube está muito melhor do que em setembro de 2018 e essa missão está concluído. O que me leva a recandidatar-me? O Sporting é a parte irracional da minha vida e eu sou uma pessoa muito racional. Nos momentos de decisão mantenho-me sempre frio. O Sporting é o lado de paixão, desde que nasci. Nas deslocações para fora, são milhares de sportinguistas com o símbolo de campeão, miúdos que celebraram o título. Essa felicidade que sinto nos miúdos... muito foi feito para reduzir o gap para os nossos rivais mas não está fechado o fosso. Sou obcecado nisso, quero terminar esse fosso, não quero que esses miúdos vão para a escola levar com as piadas do Sporting no Natal. Mas se eu estiver 40 anos no Sporting é muito mal para o Sporting."

17.01.2022
«Não posso admitir que o Sporting seja tratado assim»

"O juiz conselheiro Baltazar Pinto vai sair. Tivemos uma conversa e chegámos à conclusão de que era melhor sair. Pediu autorização ao Conselho Superior de Magistratura e não aceitaram. Tínhamos a informação de que ia ser complicado. O procurador João Palma também fez pedido de escusa, mas foi recusado pelo Conselho Superior de Magistratura

A minha opinião é a maneira como se tem tratado e mal o futebol. O futebol tem uma importância enorme neste país. O desporto em geral. A verdade é que parece que há um pântano e vamos deixar o futebol ao abandono. Não posso admitir que o Sporting seja tratado assim. Acho que, das duas uma, ou queremos matar o futebol e não queremos pessoas de valor, porque ao ter pessoas assim é um sinal... Acha que um juiz aceita o meu convite achando que vai manchar o seu nome? É trazer pessoas com valor na sociedade civil.

17.01.2022
Varandas: «Se há bandidos no futebol, que sejam presos»

Futebol e justiça

Estando a justiça como está, se alguma coisa está mal nestes 30 anos é porque a justiça não funcionou. Se o problema está naquele juíz... falamos de fiscalização, não estou a pôr nenhum juíz como administrador. Em vez de se tratar o mal pela raiz, isola-se o futebol... Se há bandidos no futebol, que sejam presos"

17.01.2022
«Foram três anos e meio duros, muito exigentes»

Possíveis mudanças na sua lista e saída confirmada de Rogério Alves

"Foram três anos e meio duros, muito exigentes. Queria dar palavras a todos os elementos que aceitaram fazer parte há quatro anos. Quero agradecer, porque foram de uma entrega, foi mesmo duro... Tinha noção do que é o Sporting. Foram três anos e meio muito duros. De AG's complicadas, da vida para além disso complicada... Rogério Alves há muito tempo, com grande integridade e honestidade, disse-me que 'és um jovem, tens muito para dar, eu acho que fiz o que tenho a fazer'. São pessoas que não ganham nada. Fizeram pelo Sporting, foi um desgaste profissional e pessoal muito grande. Vamos, à imagem da nossa linha, acreditamos que o ADN do Sporting é a formação, por isso vão subir os vicepresidentes."

17.01.2022
Varandas confirma que vai recandidatar-se: «Tive de falar primeiro com a minha família»

Frederico Varandas confirma a recandidatura

"Não foi tabu, não tive intenção que fosse. Serei novamente candidato. Isto exigia que a minha equipa também o quisesse. Tive de falar primeiro com a minha família, é um cargo extremamente egoísta, afeta muito as pessoas à volta. Nunca pensei em não terminar o mandato, isso nunca. Quando decidi candidatar-me, saberia que venceria e acreditava que este rumo levaria ao sucesso. Sei que essa foi uma das armas do sucesso foi nunca nos agarrarmos à reeleição. Tivemos de tomar medidas muito impopulares; tivemos de tomar medidas que muitos sócios, adeptos e grupos de adeptos não iriam entender, saberíamos que teríamos de meter o dedo na ferida. 40 anos de insucesso de uma forma generalizada não se explicam apenas com factores externos, mas sim internos. Isso teria de ser mudado, teria de ser duro, e foi."

17.01.2022
Frederico Varandas: «Estou muito orgulhoso da equipa»

Frederico Varandas antes da entrevista, à chegada aos estúdios da CNN.

"Darei algumas novidades, não serão assim tão surpreendentes… Faremos um apanhado destes quase quatro anos. Recandidatura? Não vou falar nisso agora. Momento da equipa? Estou como todos os sportinguistas, muito orgulhoso dos nossos jogadores."

17.01.2022
Frederico Varandas em entrevista

Frederico Varandas aborda a atualidade do Sporting, numa entrevista à CNN Portugal que pode acompanhar aqui em direto, a partir das 22h30!

Por Record
97
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas