Abílio Fernandes e a 'cambalhota' de Carlos Severino: «Se calhar esperava ser convidado»

Membro da comissão de honra de Bruno de Carvalho estranha apoio do jornalista a Pedro Madeira Rodrigues

• Foto: Fernando Ferreira

Abílio Fernandes, membro da comissão de honra da candidatura de Bruno de Carvalho à presidência do Sporting, estranhou a forma como Carlos Severino mudou de opinião em relação ao atual presidente do clube de Alvalade. Uma mudança revelada no jantar de quinta-feira do movimento 'Sporting Campeão', na qual o antigo candidato anunciou o seu apoio ao outro candidato, Pedro Madeira Rodrigues.

"Primeiro, era candidato. Depois, deixou de ser e associou-se ao nosso concorrente. Todas as pessoas são livres de fazer as suas escolhas e apoiar quem quiserem, mas, nesta altura, o clube precisa de paz e sossego. É altura das pessoas meditarem e valorizarem o trabalho desenvolvido por Bruno de Carvalho em prol do clube", defendeu o antigo dirigente leonino, prosseguindo nos elogios ao atual líder, que apoiou desde a primeira hora.

"O clube tem sido gerido com transparência, Bruno de Carvalho fez um trabalho meritório, tirou o clube da falência. Durante 15 ou 18 anos, todos aqueles que por lá passaram, desde Roquette a Godinho Lopes, deixaram um clube moribundo, um clube sem futuro", recordou, em declarações exclusivas a Record, o empresário da área da restauração, antes de regressar às críticas a Carlos Severino.

"Não tem respeito, porque, inicialmente, acompanhou e sempre apoiou Bruno de Carvalho. Agora, está a dar uma cambalhota e não há razões para que isso aconteça. É algo que a mim me transcende. Se calhar esperava de ser convidado para algum órgão social - é descabido. Bruno de Carvalho tem o seu staff, a sua equipa, que irá manter no próximo mandato", concluiu Abílio Fernando.

Por João Lopes
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas