Acesso vedado à Academia Sporting não impediu apoio dos adeptos na saída da equipa

Adeptos leoninos acabaram por se espalhar ao longo do percurso com mensagens de apoio

• Foto: Sérgio Lemos

A Guarda Nacional Republicana vedou esta terça-feira o acesso à Academia do Sporting, em Alcochete, mas não impediu o apoio de milhares de adeptos no percurso entre o complexo e a ponte Vasco da Gama.

Impedidos de dar o seu apoio junto ao portão da Academia, os adeptos acabaram por se espalhar ao longo da Estrada Nacional número quatro (N4) e, sobretudo, nas rotundas do percurso, onde o autocarro era obrigado a reduzir a velocidade, para saudar a passagem dos jogadores.

Dessa forma, a saída dos jogadores acabou por acontecer cerca das 18:30, perante os olhares de menos de uma dezena de adeptos que chegaram antecipadamente, conforme a Lusa constatou no local, uma vez que, pouco depois das 16 horas, a GNR vedou a estrada de acesso ao complexo.

Durante toda a tarde, foi maior o aparato mediático do que a presença de apoiantes com adereços alusivos ao clube 'leonino', com vários profissionais da comunicação social estrategicamente colocados em frente ao portão fechado da Academia.

No troço que liga a Academia à N4, além das palavras de incentivo que ali foram pintadas no chão por elementos de uma claque 'leonina', há várias semanas, eram visíveis várias faixas de apoio penduradas na vedação na berma.

A força do vento nas últimas horas, no entanto, destruiu a maior parte destes adereços, não sendo possível identificar indícios de quando terão sido colocados.

O Sporting defronta esta terça-feira o Boavista às 20:30, no Estádio José Alvalade, em partida da 32.ª jornada da I Liga de futebol, e em caso de vitória sagra-se campeão nacional pela primeira vez desde a época 2001/02.

 

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas