Adán após duplo erro e expulsão: «São dias que acontecem, em que nada corre tão bem»

Guarda-redes abordou noite para esquecer em Marselha

• Foto: Luís Manuel Neves
O jogo de Adán durou 23 minutos. O guarda-redes espanhol ficou intimamente ligado ao desfecho do encontro com o Marselha, sendo expulso com cartão vermelho direto e obrigando à entrada de Franco Israel.
"São dias que acontecem, em que nada corre tão bem, como querias. Faz parte do futebol e há que assumir os erros como parte do futebol, assumir a responsabilidade que cada um de nós tem dentro do campo… Já passou. Amanhã há que levantar outra vez, treinar porque sábado há outro jogo. Obviamente que o jogo começou bem com o golo do Trincão, mas muitas vezes o futebol é assim. Não há mais explicações…", justificou o guardião espanhol em declarações à Eleven Sports.

Adán abordou também aquilo a que a equipa ficou obrigada a fazer após ficar reduzida a 10.

"Quando se cometem erros destes, sobretudo o da expulsão, a equipa tem de fazer um esforço físico maior, o jogo fica mais difícil para quem fica no campo, mas as coisas são assim, fazem parte", reiterou.
Por Bruno Fernandes
45
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas