Bruno de Carvalho: «Adeptos estão cada vez mais confiantes no presente e futuro do clube»

Feliz por constatar orgulho leonino no convívio com os sócios

• Foto: José Cruz

Bruno de Carvalho foi esta terça-feira o anfitrião de uma comitiva da Federação Chinesa de Futebol em Alvalade e congratulou-se pela satisfação dos visitantes.

"A organização na China é diferente, e quando estamos a falar de representantes da Federação estamos a falar de governo, porque têm um modelo de organização diferente. Queremos trabalhar a nível do futebol mas também noutros desportos. Hoje foi muito importante esta visita, já tínhamos falado ontem de sermos o clube europeu com mais títulos. Hoje puderam constatar com a visita ao museu, não é a penas no futebol. Ficaram bastante satisfeitos e surpreendidos, estamos a falar de um universo de mais de um bilião de pessoas que já tinham uma noção da marca Sporting, mas que puderam agora constatar que a nossa maneira de ver o desenvolvimento do desporto é a correta. Todos os alertas que lhes fiz em 2014 acabaram por acontecer. E por isso quando temos uma visão e sabemos o que queremos, podemos ser grandes parceiros. Foi para eles muito importante visitarem a nossa exposição que vai ser itinerante. Foi após a nossa digressão à China que se abriram as relações diplomáticas entre os dois países, que ainda hoje mantemos. Estas novas gerações não tinham esse conhecimento, o Sporting não faz muito eco do que é a sua história e importância para o país. Por isso ficaram muito satisfeitos e nós também, por verificarmos que podemos ser um parceiro de referência", referiu à Sporting TV.

O presidente dos leões desvalorizou depois uma sondagem apresentada pelo 'Jornal de Notícias', dizendo que está em Alvalade para gerir objetivos que levem à felicidade dos adeptos leoninos.

"Sinceramente não estou aqui para gerir por sondagens, mas sim objetivos e a felicidade dos sportinguistas. Estas temáticas e sondagens para mim não são importantes para os objetivos. Nós neste caminho temos um conjunto de pessoas fundamentais, são os sócios e os adeptos. Para este projeto essas são as pessoas fundamentais. Depois temos os objetivos quantitativos, que são ganhar tudo o que disputamos. Não trabalhamos para sondagens, não dou nenhum relevo a nenhuma. Apenas o ter estado Soure, Arganil, no andebol, e verificar que as pessoas continuam orgulhosas do clube e cada vez mais confiantes no presente e futuro do clube. De resto estou aqui para gerir emoções e felicidades e nunca sondagens", concluiu.

Por Luís Miroto Simões
26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.