Bruno de Carvalho, o VAR e o exemplo alemão: «Se as pessoas erram, sejam despedidas»

Dirigente concorda com divulgação dos áudios

• Foto: Mariline Alves

Bruno de Carvalho manifestou-se a favor de serem divulgados os áudios entre o VAR e o árbitro depois das polémicas que envolveram os jogos deste fim-de-semana.

"Uma das coisas que acho engraçado. Estou de acordo que se ouça áudios, isso tudo. Acho importante os clube não transmitirem os próprios jogos. Na Alemanha não tiveram problemas: uma pessoa que errou, favorecendo o Schalke 04 - e nós sabemos o que é o Schalke 04 ser favorecido -, foi despedida. Aqui tudo se cria cenas, fitas. Vem um e diz que está a ser atacado... Chega-se à Alemanha, favoreceu um clube, rua. Também gostava disso. Não só os áudios, gostava que Portugal passasse a ser um país normal. E normal é ter a capacidade de falar as coisas sem medos. Parece que sempre que alguém diz alguma coisa, tem uma segunda intenção. Se as pessoas erram, são despedidas", afirmou após a sua intervenção na Web Summit esta terça-feira.

E prosseguiu: "Na vida temos de ser profissionais e competentes. Quando não somos, temos que olhar para os bons exemplos. Chegaram à Alemanha, despediram. Na Itália, uma equipa não se portou bem e desceu de divisão. Só em Portugal somos complexados e fazemos de tudo uma grande fita e um grande problema".


26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas