Bruno de Carvalho pode avançar como líder da SAD

'Plano B' em estudo face à suspensão que o deve impossibilitar de concorrer à presidência

• Foto: Bruno Colaço

Como é público, Bruno de Carvalho e os restantes membros da direção demissionária do Sporting estão suspensos da condição de sócios, porém, o ex-líder do Sporting pode ainda ter uma... carta na manga. Ao que Record apurou junto do seu círculo próximo, dado que dificilmente poderá encabeçar uma lista nas eleições de 8 de setembro, como alternativa tem-lhe sido sugerido que avance... para a SAD, deixando a vaga para o clube para outra figura. Até porque, nos estatutos, não está frisada a obrigatoriedade de o líder da sociedade ser sócio.

Como Record noticiou, o desfecho do processo de suspensão, quer lhe seja favorável ou desfavorável, não deverá ser conhecido antes do prazo limite para a apresentação de candidaturas, fixado a 30 dias das eleições, ou seja, 9 de agosto. De resto, ao que foi possível apurar, as diligências ainda nem sequer tiveram início, o que vem contribuir para a tese de que o tempo corre contra Bruno de Carvalho. A menos que garanta, claro está, uma providência cautelar, através da barra dos tribunais.

Coração versus cabeça

BdC foi confrontado com esta possibilidade para assim ‘contornar’ a barreira da suspensão, algo que, no entanto, não é totalmente do seu agrado. O ex-presidente, que já assumiu o desejo de se recandidatar, só o pretende fazer, para já, na condição de liderar um projeto.

Carlos Vieira chega-se à frente

O ex-vice-presidente para a área das finanças, Carlos Vieira, tem recebido uma extensa onda de apoio para integrar uma lista às eleições. Após um período de reflexão, ao que foi possível apurar, nos últimos dias, Carlos Vieira terá assumido o desejo de chegar-se à frente para o cargo de líder da SAD leonina. Recorde-se que Carlos Vieira também se encontra suspenso e, por isso, em situação idêntica à de BdC. Apesar do forte elo de amizade que mantém com Bruno de Carvalho, aqueles que apoiam o ex-vice partilham a opinião de que os dois não devem voltar a integrar uma potencial candidatura em conjunto, alegando que a imagem de BdC saiu fortemente deteriorada após a Assembleia Geral destitutiva.

Por João Soares Ribeiro e Ricardo Granada
63
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas