Bruno de Carvalho: «Se os jogadores voltarem atrás demitimo-nos»

Presidente leonino exige uma carta assinada pelos seis jogadores que pediram a rescisão dos contratos

Bruno de Carvalho admite a possibilidade de apresentar a demissão no caso de os seis jogadores que apresentaram cartas de rescisão aceitarem voltar atrás e se comprometerem a continuar a jogar em Alvalade. Mesmo no caso de esta direção, em caso de novas eleições, se candidatar e ganhar.

"Ao mesmo tempo que temos cartas de rescisão, temos comunicação social a dizer que se este conselho diretivo se for embora os jogadores voltam atrás. Por isso, queremos dizer que se os seis atletas que rescindiram - e mais poderão acontecer até dia 15, numa estratégia de desgaste. Se o problema é este CD, então basta escreveram uma carta à SAD dizendo que esta direção se demitir voltam atrás com as rescisões e jogam no Sporting, e uma segunda coisa é se voltarmos a ganhar em eleições que continuam a valer essas premissas. Basta essa carta dos seis e nós na mesma hora nos demitimos. Uma carta em que digam dois pontos: que se nos demitirmos que voltam atrás com as rescisões; que se nos candidatarmos e ganharmos continuam a valer essas premissas."

"Se escreveram a carta nos tais moldes e nós apresentamos a demissão, é garantido, mas fiquem com a noção do quão pobre fica o Sporting na sua gestão, pois perde a sua força negocial, face e credibilidade. Mas percebemos a angústia."

26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas