Bruno de Carvalho tem "conta corrente" quanto a castigos

Presidente foi suspenso 60 dias desde 2013

• Foto: Vítor Chi

O Conselho de Disciplina (CD) da FPF suspendeu esta semana Bruno de Carvalho por 19 dias por criticar a arbitragem de Luís Ferreira no jogo entre o Sporting e o Tondela em Alvalade, a 15 de janeiro, um "castigo" que o presidente do Sporting já cumpriu. Ora, o jornal do clube lembra esta quinta-feira que a FPF "ficou a dever um dia" ao presidente do Sporting, uma vez que este já havia cumprido 20 dias logo após ser suspenso preventivamente no dia 19 do mesmo mês.

"Mas a dívida não só não é virgem, como até tem conta corrente", lê-se na peça intitulada "Suspende primeiro, pergunta depois". "Desde que venceu as eleições em 2013, o presidente do Sporting foi suspenso preventivamente pelo CD outros 60 dias que viriam a ser anulados mais tarde, ou seja, 60 dias em que cumpriu a suspensão preventiva, porque suspendem primeiro, e perguntam depois, elevando agora para 61 dias o saldo da 'conta corrente' a seu favor", conclui-se.

Por Sofia Lobato
27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas