Bruno de Carvalho: «Todas as maleitas e virtudes do vídeo-árbitro estão estudadas»

Presidente dos leões rejeita a polémica criada em torno do penálti marcado no Mundial de Clubes

A carregar o vídeo ...
Mais confusão com o vídeo-árbitro
Para lá de ter comentado a decisão do Supremo Tribunal da Suíça no que ao caso da Doyen diz respeito, Bruno de Carvalho aproveitou também igualmente para falar da recente utilização do vídeo-árbitro no Mundial de Clubes, desvalorizando a polémica que aquela tecnologia tem criado no torneio que decorre no Japão.

"Não deu polémica nenhuma. Saiu uma notícia que diz que, finalmente, há um penálti marcado através do vídeo-árbitro, e todos aqueles que não querem que o vídeo-árbitro e fazem parte do sistema - e eu não sou como o outro, o sistema é a manipulação do mito - vieram logo dizer que havia um fora-de-jogo e que, portanto, o vídeo-árbitro não serve para nada", começou por argumentar o presidente do Sporting, utilizando uma linguagem popular para criticar as manobras contra as novas tecnologias 

"Vão todos dar banho aos cães. Estão todos a gozar com uma coisa que é séria, que é o futebol, que envolve milhões. Não gosto de ser gozado. O vídeo-árbitro tem todos os estudos feitos. Todas as maleitas e virtudes estão estudadas e, depois, andam a gozar com o Mundo, com um tipo que aparece a dizer 'esperem lá que estava em fora-de-jogo' é o mesmo que todos irem atrás da manipulação de uma imagem do túnel de Alvalade, uma imagem que foi ampliada para fingir que eu tinha feito alguma coisa ao presidente do Arouca", comparou Bruno de Carvalho, à margem do jantar de Natal do Sporting, que decorre esta quinta-feira numa unidade hoteleira de Cascais.
Por Fábio Lima e João Lopes
11
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas