Frederico Varandas suspenso 70 dias por ataque a Pinto da Costa

Expressões "corruptor ativo" e "uma vergonha para o futebol português" consideradas como lesão da honra

A carregar o vídeo ...
Frederico Varandas: «Estarei aqui para recordar a Pinto da Costa que é uma vergonha para o desporto português»
O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol decidiu suspender Frederico Varandas, presidente do Sporting, por 70 dias, aplicando-lhe ainda uma multa acessória de 13.260 euros na sequência das críticas a Pinto da Costa, líder do FC Porto, datadas de 29 de maio deste ano - recorde-as aqui.

Aplicado o Artigo 136.º do Regulamento Disciplinar, foi provada a "lesão da honra" por parte do infrator, explica-se no documento publicado pelo CD esta terça-feira, centrando-se a punição nas expressões "corruptor ativo" e "uma vergonha para o futebol português", ambas proferidas por Varandas na visita ao Núcleo Sportinguista de Carregal do Sal, após o encerramento da época 2021/22.

"Ao senhor Pinto da Costa, por mais que lhe custe e por mais tentativas que faça para tentar apagar as suas ações, será sempre recordado como um corruptor ativo. E eu aqui estarei para lhe recordar até ao último dia da sua presidência que é um corruptor ativo e uma vergonha para o desporto português, ao mesmo tempo que aguardarei com expectativa o desfecho do processo ‘cartão azul’. Um país que reconhece o senhor Pinto da Costa como uma referência é um país sem valores. E um país sem valores é um país sem futuro. Portugal não pode nem nunca poderá ser esse país", afirmou então Frederico Varandas.
Por Record
112
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas