«Jesus confronta-me, mesmo quando eu marco. Porque quer que eu seja melhor»

Bas Dost elogia métodos e trabalho do treinador do Sporting

• Foto: Luís Manuel Neves

Bas Dost já soma 53 golos em ano e meio de Sporting e, como o próprio assume, estes números devem-se bastante ao trabalho com Jorge Jesus. "O treinador ensinou-me onde sou mais e menos forte, mostrando-me muitos vídeos. Mesmo dentro da equipa, confrontou-me muitas vezes. Tinha tendência para passar a bola de primeira, mas às vezes é melhor mantê-la na posse da equipa", começa por explicar, em entrevista ao jornal 'Algemeen Dagblad'.

O holandês revela que ficou "mais completo" com as "constantes repetições e paragens nos treinos". "Muitos treinadores corrigem uma vez. Mas aí a questão que se coloca é 'Como é que vais tornar alguém melhor?'. Nem todos os treinadores sabem. [Jorge] Jesus confronta-me, mesmo que eu tenha marcado, porque quer que eu seja melhor. Isso agrada-me", prossegue.

"Não se pode dizer que eu seja agora um jogador completamente diferente do que era antes. [No Wolfsburgo] também tive um jogo em que marquei quatro golos ao Leverkusen. Mas é claro que melhorei. Agora tenho mais calma e a eficácia é ainda maior", conta Bas Dost, que assume: "Sempre tive necessidade de marcar golos, quero continuar assim. No dia em que perder isso, terei de parar. Antes tinha muitos problemas sempre que falhava uma oportunidade. No Heerenveen ficava muito tempo agarrado a isso... Se perder uma grande oportunidade agora, cinco segundos depois já passou."

Por Sérgio Krithinas
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas