Jesus: «Quiseram meter-me na cruz mas ressuscitei sempre»

Recorda 'caso' das SMS e processo intentado pelo Benfica

• Foto: Luís Manuel Neves

Jorge Jesus tem a noção de que voltar um dia ao Benfica "é difícil". "Acho que essa porta fechou-se de vez. Arranjou-se uma forma de me quererem crucificar que fez com que os adeptos entrassem nesse sentimento. Mas ao fim de 10 meses nunca tive um adepto do Benfica que me insultasse. Pelo contrário, pedem para tirar fotos e agradecem-me. Toda a gente sabe que começou com os SMS, o processo de 14 milhões, quiseram crucificar-me. Eu sou Jesus, quiseram meter-me na cruz mas eu tenho muita força, ressuscitei sempre", atirou em entrevista à SIC Notícias.

Dito isto, o técnico não felicitou o campeão. "Quando eu venci ninguém me deu parabéns de nada", remeteu, considerou ainda assim que "são os treinadores e os jogadores que vencem campeonatos e os jogos, as estruturas ajudam".

27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.