Jesus supera melhor sonho

Nunca pensou poder chegar a esta altura do campeonato com tanto avanço

"Jesus, não te despistes no Fiat", foi a mensagem que o adepto pacense que costuma colar um cartaz junto ao banco dos visitantes ontem deixou. Jorge Jesus não só não se despistou como a sua equipa teve momentos em que pareceu um...Ferrari. "Sempre achámos que este jogo ia ser difícil e o Sporting só saiu vencedor porque fez um excelente jogo e foi uma equipa disciplinada taticamente", referiu quem durante a partida só teve um momento de real inquietação, quando se ‘pegou’ com um segurança presente no relvado, pouco depois do primeiro golo do Sporting. "Nos últimos 15’ da 1ª parte tivemos intensidade de jogo e o Paços não nos conseguiu acompanhar", salientou. A seguir, "mantivemos a nossa matriz e fizemos o 2-0 mas acabámos por sofrer um golo numa jogada que trabalhámos para que tal não acontecesse".

Jesus sentiu também o calor que veio das bancadas e, aliás, fez questão de que no final todos os seus jogadores fossem saudar os adeptos. "A onda verde está a crescer e uma das nossas grandes conquistas foi ter recuperado a identidade, o orgulho e a autoestima dos adeptos", frisou. "Como diz o presidente, são 3,5 milhões que têm de continuar a acreditar na equipa, pois este vai ser um campeonato muito difícil", juntou. Até ao fim da prova, "todas as equipas vão perder pontos" e o que JJ aconselha os adeptos a fazer é a perceber que "quando não se ganha tem de se continuar a acreditar".

Na sua opinião, o empate com o Tondela e a derrota com o Portimonense tiveram uma valorização excessiva. "O que conta é a soma dos jogos do Sporting e não são só dois jogos, são 19 jogos do campeonato." O que é importante, fez questão de sublinhar ainda, "é a equipa continuar nesta caminhada sabendo que tem dois rivais atrás que querem a nossa posição mas nós temos de ter capacidade para a defender". E aqui caiu a confissão de Jesus. "Nunca pensei chegar aqui com esta vantagem de 2 pontos sobre o bicampeão e de 5 sobre os que eram bicampeões até eu chegar ao Benfica", atirou, bem ao seu estilo que uns podem considerar fanfarrão mas que acaba normalmente por ser validado pelos números. "O que já fizemos é bom mas vamos ter de continuar a ter a mesma capacidade porque esta vai ser uma luta até ao fim entre três equipas". No fundo, "o Sporting está em primeiro porque tem sido o melhor, pelo que joga e pela alma que a equipa tem". Ainda deu para ficar a saber que Jorge Jesus começou o jogo sem saber o resultado do Benfica. "Hoje é fácil saber resultados mas não me interessava, estava com o foco apenas no nosso jogo", revelou quem ontem entrou e saiu da Mata Real de pé a fundo e sem deslizar.

Por Eugénio Queirós e Ricardo Vasconcelos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.