Jornalistas da RTP condenam promo do canal a envolver Bruno de Carvalho

Em carta enviada à direção de informação e ao conselho de redação

A carregar o vídeo ...
Promoção da RTP causa polémica entre sportinguistas

Os jornalistas que cobrem desporto na RTP enviaram uma carta à direção de informação e ao conselho de redação do canal a condenar algumas das promos da estação que envolvem clubes de futebol, com especial destaque para a última com imagens de Bruno de Carvalho, que motivou uma tomada de posição do Sporting.

No documento, a que Record teve acesso e assinado por vários jornalistas da editoria de Desporto, repórteres de imagem e técnicos de comunicações móveis, considera-se que "algumas das promoções não ajudaram a promover conteúdos da RTP, serviram antes para retirar credibilidade (...) e para aumentar os níveis de insegurança de quem trabalha, quase diariamente, nos estádios".

"Os profissionais que assinam este documento entendem que os criativos devem ter liberdade de expressão de criatividade, mas sempre com um limite – o do bom-senso. E isso, na nossa opinião, nem sempre tem acontecido", apontam ainda.

Por isso, deixam claro que se demarcam "completamente de um certo rumo, irresponsável e até provocatório, que tem estado presente em algumas das autopromoções colocadas no ar nos últimos meses". Além disso, exigem que a direção de informação "passe a ter poder decisório relativamente às autopromoções envolvendo conteúdos de desporto". 

A tal autopromoção colocada no Youtube, intitulada 'Estórias que Contam - Sporting', levou a um forte protesto de Nuno Saraiva, diretor de comunicação dos leões, e fez o clube de Alvalade pedir uma "reunião de urgência com presidente do Conselho de Administração da estação".

Por Sérgio Krithinas
71
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas