Leões acusam: «A justiça é mais lenta para o Benfica»

Clube de Alvalade aponta "atitudes execráveis" a Vieira e Rui Costa

• Foto: Vítor Chi

O Sporting voltou a recorrer à conta Comunicação SCP no Facebook, numa longa publicação onde, entre outras coisas, questiona porque Luís Filipe Vieira e Rui Costa não foram castigados, ao contrário do que aconteceu com o médico dos leões Frederico Varandas e o diretor do futsal, Miguel Albuquerque.

"Problemas com os seus atletas, passivo crónico e sempre a aumentar, o caso vouchers, a pressão inaceitável nos bastidores do futebol (e restantes modalidades – vejam-se os exemplos recentes do futsal e atletismo), as atitudes execráveis de LFV com um membro da comissão de arbitragem e de Rui Costa com um delegado da Liga e colegas de profissão – casos estes que continuam à espera de 'justiça', tendo entretanto o médico do Sporting sofrido uma pena de 4 meses (reduzida a 1/4 pela sua função) ou um dirigente do futsal do Sporting sido suspenso por 16 meses!!! Enfim, umas alarvidades de castigos, mas destes dois senhores nem se fala porque a justiça, quando ao Benfica diz respeito, é mais lenta", pode ler-se.

O 'post' é um ataque às "manobras de distração" lançadas por "peões de brega/cães de fila do Benfica". Os visados pelo ataque são os comentadores afetos aos encarnados nas televisões, em especial André Ventura (CM TV) e Pedro Guerra (TVI). Os leões defendem que os visados recorrem a "factos falsos para criar 'notícias'/'ruído' para tirar do espaço mediático os assuntos que, sendo verdadeiros, incomodam o seu clube".

A longa publicação destaca também as referências à última Assembleia Geral do Sporting, realizada no passado domingo. "Confundidos, certamente, por aquilo que se passa nas AG’s do seu clube, em que elementos ligados às artes marciais servem de guarda pretoriana e de pressão nas mesmas, falam agora de pressões na AG do Sporting Clube de Portugal. É lógico que, pelo menos um deles, sendo advogado saberá que terão de provar aquilo que afirmam no local certo pois, ao contrário do seu clube, no Sporting Clube de Portugal não vivemos de votações electrónicas passíveis de serem manipuladas, de alterações de estatutos para afastar possíveis candidatos, não se usam atletas do clube (ou qualquer outras pessoas) para 'pressionar' e 'controlar' as AG's, nem se colocam fortíssimos candidatos a uma vitória, como Rui Costa, em missões que levam este a um comportamento conflituoso que serve, ainda por cima, de 2 em 1: eliminar essa 'ameaça' interna de ter de o enfrentar nas eleições e pressionar in loco elementos directivos adversários, equipas de arbitragem e delegados da Liga."

O post foi entretanto retirado e o Sporting justificou que foi iniciativa do Facebook após denúncia.

Artigo atualizado às 17h15

103
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas