Luiz Phellype: «Não tenho vontade de sair do Sporting»

A recuperar de lesão, o avançado vinca que está a desfrutar do clube e diz-se “bem” em Alvalade

• Foto: Sporting CP

Luiz Phellype, o único jogador do Sporting que se deslocou diariamente à Academia de Alcochete durante o período de confinamento obrigatório, por estar a recuperar da cirurgia ao joelho direito, garantiu ontem que ainda vive a fase de enamoramento com o emblema de Alvalade e, por isso, não tenciona sair em breve, embora não visse com maus olhos o regresso ao Brasil pela porta grande.

Sobre a condição física, Phellype revelou, ao programa ‘Troca de Passes’, do canal brasileiro SporTV, que "ainda faltam dois meses para voltar ao ativo", embora... não seja uma prioridade para o treinador Rúben Amorim, como Record adiantara. E sobre os leões, explicou: "O Sporting é o primeiro grande clube da minha vida. Tenho aproveitado bastante. Poder vestir a camisola do Sporting e olhar para a história, ver quem já vestiu a camisola, o quão importante o clube é, é maravilhoso. Estou a aproveitar ao máximo." E foi isso que faltou ao avançado no futebol brasileiro, antes de tentar a sorte em Portugal.

"Foi bastante difícil chegar aqui. Tem sido bom para mim. Quando somos crianças sonhamos jogar num grande brasileiro, mas não consegui passar por isso, vim logo para a Europa. Estou bem no Sporting, tranquilo, e não tenho vontade de sair. Mas não veria problemas em voltar ao Brasil", reconheceu o avançado contratado ao P. Ferreira a meio da temporada 2018/19, por 500 mil euros, e que até poderia render mais uns milhões se o Flamengo, como Record noticiou, se tivesse chegado à frente... "Sei que fizeram perguntas, uma sondagem, para saber o valor, o tipo de negócio que se podia fazer. Mas, oficialmente, propostas, que eu saiba, não houve."

Por Luís Mota
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas