Marta Soares: «Quem não teve respeito terá de sujeitar-se à Justiça»

Presidente da Mesa da AG reage à publicação de Bruno de Carvalho e diz que vai lutar pelo seu bom nome

• Foto: Pedro Catarino

Jaime Marta Soares reagiu esta quinta-feira à publicação de Bruno de Carvalho no Facebook na qual o presidente do Sporting afirmou a atual situação no clube é "um ato de terrorismo similar ao que aconteceu na Academia". O líder da Mesa da Assembleia Geral dos leões prometeu lutar em sua defesa, mas numa fase posterior.

"Se me sinto indignado? Claro que não podemos aceitar de ânimo leve este tipo de insultos, mas na altura própria faremos valer os direitos da defesa do nosso bom nome. O meu bom nome terá de ser devidamente defendido e quem não teve respeito terá de sujeitar-se àquilo que a Justiça decida sobre essa matéria".

Questionado sobre se a Assembleia Geral deste sábado fecha um ciclo em Alvalalde, Marta Soares concordou: "Costuma dizer-se que depois da tormenta vem a bonança. Acredito que sim. Sou um homem de esperança e a esperança veste de verde. Tudo isto será ultrapassado. Tenho 55 anos de sócio e cada vez me sinto mais orgulhoso de o meu pai me ter feito sócio".

Por Luís Miroto Simões
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas