Mensagens de Bruno de Carvalho aos jogadores vão continuar

Presidente está satisfeito com resposta do plantel e aponta dedo a William e Rui Patrício

• Foto: Vítor Chi

Bruno de Carvalho vai continuar a mandar mensagens aos jogadores sempre que o entender. Esta é a garantia dada por fonte da administração da SAD a Record, no dia em que revelamos as SMS enviadas pelo presidente ao plantel. A primeira após o jogo da 2ª mão com o Atlético Madrid, a segunda antes da partida com o Boavista, quando se encontrava em Saragoça com o futsal.

Segundo fonte próxima do processo e que tem acompanhado a crise leonina – comportamental e não de resultados, pois o leão soma 5 vitórias consecutivas –, o presidente está magoado com o movimento dos jogadores e acredita que este foi impulsionado essencialmente por nomes como William Carvalho e Rui Patrício, que entende desejarem sair no final da época, após o Mundial.

Capitães sinalizados

Record sabe que tanto o presidente como a SAD estão muito satisfeitos com o rendimento do plantel nos últimos jogos e dispostos a deixar para trás o que se passou, na certeza de que tanto William como Patrício terão de ter propostas próximas do que o Sporting pretende para que Bruno de Carvalho os deixe sair.

Contactados por Record, elementos do Conselho Diretivo e SAD garantem continuar ao lado de Bruno, acreditando que o papel do presidente é intervir quando entende ser necessário.
O nosso jornal apurou junto de várias fontes que Bruno de Carvalho enviou mais mensagens, sendo algumas pessoais, outras de brincadeiras com alguns jogadores, mas tendo Rui Patrício recebido uma a pedir o fim de uma "uma guerra" que o presidente acredita estar muito assente em posições assumidas pelos dois capitães.

Segundo um responsável da SAD, a ideia de Bruno com estas mensagens era terminar o conflito que estalou após o post publicado no final do jogo em Madrid, mas alguns jogadores contactados por Record assumem que não foi esse o sentimento do balneário. Tanto a administração como Bruno de Carvalho acreditam que a maior parte do plantel já está cansado do conflito e aguarda o final da época para limpar a cabeça de um episódio mau para ambas as partes.

Apertão às modalidades

O facto de Bruno de Carvalho já ter tido episódios semelhantes com equipas das modalidades – andebol, futsal, hóquei em patins... – e não ter estalado qualquer conflito público é visto pela direção como algo que dá razão ao presidente, acreditando que a polémica poderia ter sido resolvida dentro de casa, sem a tomada de posição pública dos jogadores. Refira-se que as declarações de alguns capitães das modalidades, que saíram em defesa de Bruno de Carvalho foram mal recebidas pelo plantel, que entende que cada problema tem a sua especificidade própria.

Por Bernardo Ribeiro
17
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas