Miguel Braga: «Sócios votaram contra na AG, mas contra o quê? 2021 foi o melhor ano da história do clube»

Responsável pela comunicação do clube acredita em "votação em massa" na AG de dia 23

O chumbo de três de quatro pontos na Ordem de Trabalhos da última assembleia geral do Sporting, entre eles as contas dos últimos dois exercícios e o orçamento para a presente época, e consequentes incidentes na reunião magna ainda estão frescos na memória dos responsáveis do Sporting. Miguel Braga, responsável de comunicação do clube, reforçou a mensagem de que é "inaceitável o insulto e ameaça a quem pensa diferente".

"Nunca vamos dizer que não se aceita democraticamente o voto dos cerca de 450 sócios que votaram contra. O que o Conselho Diretivo não aceita são os insultos e ameaças aos sócios que pensam diferente. Isso é que nenhum sócio deve aceitar de bom grado", sublinhou, no programa ‘Raio-X’, da Sporting TV, recusando que os votos contra se devam ao insucesso desportivo ou às próprias contas: "Votaram contra, mas votaram contra o quê? Falta de vitórias? Não acredito. 2021 foi o melhor ano da história do clube. Prejuízo? As contas estão auditadas. Em ano de pandemia o clube teve contas positivas. Mesmo assim, há quem vote contra e insulte quem tente elogiar o que foi feito".

Tendo já em vista a próxima AG, a realizar no dia 23, Miguel Braga crê que, desta feita, o Pavilhão João Rocha terá casa cheia. "Os restantes 99% dos sócios não foram votar pelas razões que enunciei aqui, porque estão contentes com o clube. Daí que tenha sido importante o repto do presidente. Estou em crer que os sócios vão votar em massa e comparecer à próxima AG para votar", rematou.

Por Record
40
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas