No sábado agrediu um sócio do Sporting e ontem queria pedir a destituição da SAD

Requerimento de Luís Pires não foi sequer admitido à votação porque não reunia 2% dos votos

A AG da SAD do Sporting ficou marcada por um ataque cerrado à administração de Frederico Varandas que não se ficou apenas pelas palavras. Na verdade, um acionista da SAD chegou a apresentar junto da mesa da AG presidida por Bernardo Ayala um requerimento que pretendia forçar a destituição imediata de Varandas e dos restantes administradores.

O requerimento, sabe Record, acabou por não ser sequer admitido à votação, tendo sido rejeitado pela mesa da AG. Bernardo Ayala explicou aos acionistas que a lei, nomeadamente a que regula as sociedades cotadas, obriga a que os requerimentos, para serem aceites, tenham a suportá-los 2% dos votos, premissa que não foi reunida pelos subscritores do mesmo.

E é neste ponto, justamente, o de quem apresentou o requerimento, que reside um dado curioso. Isto porque, segundo informações recolhidas pelo nosso jornal, o autor desta ação terá sido Luís Pires, também conhecido por 'Kolmeia', o mesmo adepto que, no passado sábado, agrediu um sócio na Assembleia Geral do clube.
Por João Lopes e Vítor Almeida Gonçalves
134
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas