Nuno Saraiva crê que suspeitas de práticas de vários crimes se "adensam"

Diretor de comunicação comenta reportagem da 'Sábado' sobre o caso dos emails

• Foto: Miguel Barreira

Nuno Saraiva, diretor de comunicação do Sporting, crê que a reportagem da Sábado sobre o caso dos emails vem "adensar as suspeitas de práticas de vários crimes cometidos". "Já ficámos a conhecer como é que, nos últimos anos, muita coisa aconteceu no futebol portugués. Resta saber se houve ou não relações de causa-efefeito entre o que aconteceu e o desfecho das competições desportivas. É o que falta demonstrar", afirmou Nuno Saraiva, no programa ‘Verde no Branco’, da Sporting TV.

O diretor de comunicação do Sporting criticou ainda o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, por na sua opinião não intervir na defesa do futebol português. O responsável recorreu ao encontro com a Juventus, e a uma arbitragem que no seu entender prejudicou os leões, para comentar a passividade do líder federativo na defesa das equipas nacionais.

"Perante a realidade óbvia de os clubes portugueses serem sistematicamente penalizados, Fernando Gomes tem o dever de nos fóruns internacionais, enquanto presidente da FPF, fazer a defesa e a denúncia destas situações de autêntico desequilíbrio e tratamento discriminatório relativamente às equipas portuguesas. Depois, enquanto vice-presidente da UEFA, deveria, verificando que existe essa dualidade de tratamento, aferir e verificar porque é que as coisas são assim e fazer tudo para que não se repita ano após ano", referiu Nuno Saraiva.

Por Alexandre Moita
51
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.