O discurso de vitória de Varandas: do apelo a Benedito à promessa a fechar

Novo presidente do Sporting visivelmente emocionado

Foi um Frederico Varandas visivelmente emocionado aquele que subiu ao palco do Praça Centenário, após ser eleito o 43.º presidente da história do Sporting. A primeira palavra foi para os outros candidatos, nomeadamente para João Benedito.

VARANDAS MEDALHA
"A minha primeira palavra vai para os outros candidatos. A todos o meu respeito. O meu respeito porque são sportinguistas que acreditavam que eram o melhor para o clube. Somos todos Sporting Clube de Portugal. Uma palavra especial em relação ao Benedito, segundo candidato com mais votos. João, um grande atleta, espero que nunca se afaste do clube e fará sempre parte da história do Sporting", começou por dizer o sucessor de Bruno de Carvalho. 

"A segunda coisa era dar os parabéns à vitalidade do Sporting. Hoje tivemos o ato eleitoral mais concorrido em 112 anos de história do clube. Isto demonstra a vitalidade e força de um clube gigante. Obrigado a vocês. À minha equipa, que me acompanha há 3 meses e meio nesta maratona, o meu obrigado porque a minha força está na força da minha equipa. A todos os sócios que confiaram nesta lista, o meu obrigado a todos os sócios que nos deram ideias e nos incentivaram", continuou.

Depois, deu a palavra aos sócios e fez a promessa de que consigo o Sporting voltará a ser campeão nacional: "Vitória simbólica, porque é a vitória da independência, da resistência, da superação, é assim que vai ser o Sporting. O Sporting não vai ceder, vacilar e nunca vai abdicar dos seus valores ou ideiais. Termino como comecei: o lema, unir o Sporting. Agora a missão têm de ser vocês, é efetivar a união. Unir é estarmos sentados no estádio com um sócio que discorda mas quando a bola entrar gritarmos todos bem alto. Unir o Sporting é colocar os interesses do Sporting acima dos nossos interesses pessoais. Fui um candidato independente e serei um presidente independente, o meu único compromisso é com os sócios. Tudo faremos para lutar pelo Sporting até ao resto das nossas energias, com paixão e competência. Para terminar, vou tirar do bolso algo que guardei no dia 20 de maio. A medalha de finalista da Taça. É esta medalha que mais cedo ou mais tarde irá com um troféu de campeão nacional para o museu. Prometo isso!"
35
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas