Preencher o vazio é ser campeão

Só o título interessa ao leão

• Foto: Paulo Calado

Seiscentas peças históricas expostas entre troféus, camisolas, botas e outros; mais de cinco mil troféus na galeria; e cerca de 15 a 20 mil na reserva, em restauro ou à espera de colocação. O espólio do ‘Mundo Sporting’ é vasto mas foi uma vitrina... vazia que mais impressionou na reabertura do museu leonino, depois das obras de remodelação e qualificação.

"Não é por acaso que existe um espaço vazio junto aos troféus dos 22 campeonatos nacionais conquistados pelo Sporting. Preencher esse espaço é a nossa grande ambição para esta época que agora se inicia", argumentou Bruno de Carvalho, justificando a razão de ser de uma montra em branco precisamente ao lado do troféu inerente ao último título leonino (2001/02). A vitrina estará vazia até ao dia em que o leão quebrar um jejum que já conta 14 anos, o segundo maior em 110 anos de história, depois do ‘apagão’ entre 1982 e 2002. O Sporting persegue o... 23º título nacional. Uma novidade, portanto, uma vez que são reconhecidos oficialmente... 18 campeonatos conquistados pelo Sporting.

Rumo ao... 23

A direção de Bruno de Carvalho entende que os quatro troféus inerentes à conquista do Campeonato de Portugal devem contar nesta estatística (1922/23, 1933/34, 1935/36 e 1937/38). Daí que sejam essas as primeiras taças da galeria dedicada ao futebol profissional (a primeira de todas está em restauro e, por isso, ainda não acompanha as outras três em exposição). O novo ‘Mundo Sporting’ está renovado, modernizado. Privilegia o futebol mas não esquece as restantes modalidades. "É importante honrar a nossa história os 110 anos, honrar o passado é uma obrigação, elevar com esforço, dedicação e devoção a glória do Sporting para mais 110 anos de conquistas é o trabalho desta direção. É para isso que trabalhamos", reforça Bruno de Carvalho, evocando a glória proporcionada pelos Cinco Violinos, mas também pelas conquistas "da melhor equipa portuguesa de sempre no hóquei em patins, composta por Ramalhete, Rendeiro, Sobrinho, Chana e Livramento". Fernando Mamede não está esquecido, Carlos Lopes muito menos.

‘Cidade Sporting’

Bruno de Carvalho recordou o esforço levado a cabo no sentido de devolver o leão às grandes conquistas, apelando aos sportinguistas no sentido de ajudarem a cumprir tal intento. "Necessitamos de mais 110 anos cheios de glória e para isso precisamos de 35 mil novos sócios. Este esforço nas modalidades, no nosso ‘ADN’ que é o ecletismo, na modernização do museu, é para que possamos ganhar cada vez mais títulos e expandir o nosso nome fora de Portugal", enfatizou, ansioso por mais uma inauguração: "Em breve poderemos passear naquela que será a ‘Cidade do Sporting’, visitando estádio, museu e pavilhão’."

Por António Adão Farias
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.