Rodrigo Fernandes e a estreia pelo Sporting: «A pouco a pouco espero conquistar o meu espaço»

Médio de 18 anos revela objetivos pessoais e os ídolos no futebol

Rodrigo Fernandes irá recordar a vitória do Sporting sobre o V. Guimarães, pois foi no jogo do passado domingo onde assinalou a estreia pela equipa principal. À Sporting TV, o médio de 18 anos revelou o "orgulho" com o feito, mas reconhece que terá de fazer "muito mais" para "conquistar" mais oportunidades.

"É um momento pelo qual trabalhei mais de dez anos. Estrear-me com 18 anos é um sonho de muitas crianças que crescem como jogadores de futebol. Estar ainda na escola, já dar este grande passo e, até, praticamente viver do futebol... É um orgulho enorme", vincou, recordando a altura em que entrou em campo, aos 87 minutos, por troca com Eduardo: "Fez-me lembrar um filme, o 'Golo'. Foi uma sensação muito parecida àquela que retrata o filme. Entrar e ver tanta gente nas bancadas… Fiquei a pensar ‘Wow, o que estou a fazer aqui?’. Tive aquela pressão normal. Estava muito preocupado com o primeiro toque na bola, era essencial. Quando o consegui, as coisas começam a sair."

De olhos postos no horizonte, Rodrigo Fernandes salienta a principal meta: títulos. "A pouco a pouco espero conquistar o meu espaço. Subi uma montanha pequena e agora chegou a verdadeira montanha. Agora é que começou a minha carreira, ainda não mostrei nada. Estrear-me em cinco minutos foi bom, mas tenho de mostrar muito mais, para ser um jogador de topo. Quando chegamos aqui, o objetivo é ganhar titulos, títulos e títulos", sublinhou.

Dois ex-leões como referências

Há dez anos na Academia de Alcochete, o médio define-se como "um jogador que pensa o jogo, com boa qualidade de passe" e que cresceu a idolatrar dois ex-leões: "Desde criança que o meu ídolo no futebol é o Cristiano Ronaldo, pelo que já alcançou e vai ainda alcançar. Na minha posição, é o William Carvalho, tem um estilo semelhante ao meu", frisou, detalhando a "emoção" com o momento que vive.

"Treinar com os jogadores com quem jogava consola... É aquela emoção 'Wow, estava a jogar com ele no FIFA e agora é meu companheiro de equipa'. É fantástico", rematou.
Por Ricardo Granada
4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas