Rogério Alves e as claques do Benfica: «É uma inexistência existente»

Candidato à Mesa da Assembleia Geral do Sporting comenta situação

• Foto: Tiago Sousa Dias

Rogério Alves, candidato à presidência da Mesa da Assembleia Geral do Sporting na lista de Frederico Varandas, abordou o tema das claques leoninas, explicando que a nova direção, caso seja eleita, terá uma ligação específica a esses adeptos.

"A direção vai ter um elemento de ligação com as claques. Quando se fala em claques, só nos lembramos das coisas negativas, o que é normal, mas as claques valorizam muito o espetáculo desportivo. Isto é que é o mal dos clichés de comunicação", começou por dizer à CMTV.

"A existência das claques permite que haja regras. Os sócios têm de cumprir regras, as dos estatutos e depois as da claque. A direção do Dr. Frederico Varandas vai ter uma abordagem inteligente para que as claques tenham o aspeto altamente positivo de estímulo, alegria e apoio à equipa", acrescentou.

Também as claques do Benfica mereceram comentários do advogado: "As claques do Benfica? É uma inexistência existente, é uma coisa curiosa. O Benfica tem ali uma figura jurídica verdadeiramente notável".

Por Luís Miroto Simões
33
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas