Rogério Alves: «Segurança interveio quando um sócio não se comportou como devia»

Presidente da mesa da AG explica "altercação" durante a reunião magna

• Foto: Pedro Ferreira

Rogério Alves, presidente da mesa da Assembleia Geral do Sporting, admitiu que houve uma "altercação" na AG deste sábado dos leões, referindo que o sócio que insultou Frederico Varandas e acabou retirado do Pavilhão João Rocha "não se comportou como devia".

"Sei que houve um momento de tensão. Um grupo de sócios pediu-me para se deslocar a esse local para falar com eles e não presenciei de forma direta os factos porque estava a falar com um grupo de sócios. Quando Varandas estava a usar da palavra, houve numa altercação, alguém que o insultou foi retirado da sala e identificado nos termos normais. Que fique claro que a AG decorreu de forma natural na manifestação da divergência. Verificou-se um incidente no final da intervenção do presidente, que correspondeu à intervenção do segurança quando um sócio não se comportou como devia no quadro da urbanidade exigida a quem está numa AG", disse o dirigente aos jornalistas depois da reunião magna.

"Toda a gente que se inscreveu pôde usar da palavra, distribuímos tempo pelas intervenções e concluímos as votações de acordo com as regras. Era uma AG importante, imposta pelos estatutos e o orçamento foi aprovado. A AG cumpriu o seu desígnio, que era debater e votar, e dentro do tempo previsto", lembrou.

Brunistas pedem demissão de Frederico Varandas na AG do Sporting
Segue-se nova AG no próximo sábado, em que os sócios leoninos se pronunciarão sobre os recursos apresentados por Bruno de Carvalho e Alexandre Godinho relativamente à expulsão de associados aplicada pelo Conselho Fiscal e Disciplinar. E Rogério Alves espera que tudo decorra com normalidade, apelando ao civismo.

"Temos feito todos o esforços para que as coisas corram bem. Agora, as coiusas correrão seguramente bem se as pessoas tiverem comportamento cívico de acordo com os estatutos, que comandam que os sócios não ofendam os outros sócios. Olhando para este incidente, que foi um incidente ao cabo de horas de trabalho, não estou a desvalorizar mas foi um numa AG em que falaram dezenas de pessoas. Acredito que pessoas se irão comportar ao nível tal na proxima AG que permite que tudo decorra sem incidentes", sublinhou, acrescentando que, na sua opinião, os antigos membros da direção deveriam poder usar da palavra: "na segunda-feira divulgarei as regras da AG. Entendo que as pessoas que foram expulsas e agora recorreram para a AG devem ser admitidas a falar. Essa foi a minha opção anterior e não vejo por que motivo alterá-la. Todavia, trata-se de uma decisão colegial da mesa que será anunciada na segunda-feira."

33
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas