Rogério Alves: «Ser conselheiro de Varandas? Nem pensar»

Garante que não irá além do cargo de presidente da MAG

• Foto: Tiago Sousa Dias

Rogério Alves explicou, em entrevista à CMTV, que não pretende ir além do cargo de presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, caso a candidatura de Frederico Varandas ganhe as eleições. O advogado explicou ainda por que não avançou ele mesmo para a presidência do clube.

Vida profissional impediu?

"Evidentemente que a vida pessoal e profissional pesam. Ser presidente do Sporting é uma honra enorme e única, mas temos de pensar não em nós, mas no Sporting. Não no que é melhor para cada um de nós. Hoje a presidência do Sporting é uma atividade colegial. O Sporting, como dizem os estatutos, é um clube que vive para o desporto. E para isso precisa de grande competência nessas áreas e assentá-las numa boa política financeira, de proteção da SAD, etc. A equipa do Dr. Frederico Varandas, que nasce do futebol, tem grande saber e experiência, é uma candidatura que me parece a adequada. Se achasse que seria eu a melhor solução, não seria a minha vida profissional que me impediria de o fazer".

Ligações e maior protagonismo do que Varandas

"Irmão de Frederico Varandas? Sim, somos sócios e amigos. Compreendo a pergunta mas gostava que o Sporting passasse da fase dos fantasmas, das especulações… Fui advogado do Jesus... contra o Benfica. Conheço muita gente. As pessoas podem pensar, mas porque isso é induzido. O pensamento libertário é encantador, mas a verdade não está aí. Nós conhecemo-nos e por isso trabalhamos em conjunto. Acredito que Varandas pode unir o Sporting com a nossa ajuda. Não há um plano por trás disto tudo. Tem uma equipa muito competente".

Ir além do cargo e ser conselheiro?

"Nem pensar. Se ele perguntar a minha opinião, sempre lha darei. Sempre estive disponível para ajudar o Sporting. Como presidente da Mesa compete-me exercer as minhas funções, que são de grande relevância para o clube. É a figura mais representativa do clube, para lembrar que o clube são os sócios. Tal como a SAD só existe porque há clube. Existe para projetar o Sporting".

Por Luís Miroto Simões
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas