Rúben Amorim sobre Nazinho: «É um jogador de quem esperamos muito»

Técnico lançou 'miúdo' e gostou do que viu

• Foto: Vítor Chi

Numa noite de alegria coletiva para o Sporting, com o triunfo diante do Borussia Dortmund e apuramento para os oitavos-de-final da Champions, Nazinho viveu uma jornada especial, ao estrear-se pela equipa principal dos leões. Lançado para o lugar de Porro, o jovem de 18 anos deixou boas indicações a Rúben Amorim, mas o técnico frisa que o 'miúdo' ainda tem muito para evoluir.

"É um jogador de quem esperamos muito. O Porro com o desenrolar do jogo sentiu cansaço e fez sinal. Quem estava lá era o Nazinho, era o nosso lateral. Não sei se é melhor ser de repente, não deixar pensar muito... É entrar, às vezes corre bem, noutras corre mal. Tem corrido bem, acreditamos muito no Nazinho, mas tem de trabalhar, tem treino amanhã. Quando tiver de ir para a equipa B vai, para os juniores vai, se tiver de ir para Youth League. Quando tiver de voltar para nós, volta. É esse o nosso projeto", frisou, em declarações à CNN Portugal.

Já sobre o jogo, Amorim mostrou-se satisfeito, mas também... preocupado. "Estou feliz pelos jogadores, pelos adeptos, mas estou cansado e algo preocupado com jogo do Tondela, porque isto mexe com adeptos e jogadores. Temos uma equipa com jogadores jovens e experientes, mas que nunca passaram desta fase. Estou preocupado com o Tondela, para trazer os jogadores à nossa realidade, que é o campeonato. Tivemos um início muito mau, com a goleada com o Ajax, depois com o Dortmund não atacámos muito. Depois disso crescemos muito. Não tenho visto os outros grupos, mas olhando ao nosso fomos a equipa que mais cresceu e se adaptou. Estamos feliz com isso, mas com muito para fazer".

Amorim justificou ainda a aposta em manter a equipa bem apetrechada em termos ofensivos. "Queríamos marcar porque o Dortmund tinha de arriscar. Temos de defender mais à frente, porque se tirarmos homens na frente os de trás vão sofrer e torna-se mais perigoso. A ideia era defender à frente, com jogadores frescos e rápidos para marcar mais golos".

O técnico do leão abordou ainda a forma de Pote e assumiu que a forma do avançado ex-Famalicão surpreendeu tudo e todos. "Foi uma surpresa para todos e também para mim. Esperava muito dele, por isso fomos buscá-lo, mas surpreendeu-nos a todos. Mas golo dele não só pelos golos, mas pelo que trabalha, pela pressão, por defender, pela forma como alegra os colegas, pela sua forma de estar saudável. Gosto muito idsso. Parabéns ao Pedro, mas tem muito que fazer"

A fechar, como ficou a 'história' do copo de vinho com Marco Rose? "Cumprimentámo-nos no final, deu-me os parabéns... Antes do jogo trocámos uma garrafa de vinho e é assim: um dia ganha um, no outro ganha o outro. Desejo-lhe o melhor".

Por Record
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas