Rúben Vinagre: «Rúben Amorim foi muito importante na minha decisão»

Lateral garante que a concorrência não o assusta

• Foto: Filipe Farinha

Rúben Vinagre admite que uma das razões que o levou a regressar ao Sporting foi a possibilidade de trabalhar com o técnico leonino. " Rúben Amorim foi muito importante para a minha decisão. Ele falou comigo antes e ajudou-me a decidir. Disse-me que seria mais um para ajudar a equipa", afirma o lateral numa entrevista ao Canal 11, onde garante que as suas expectativas não ficaram frustradas: "Tenho estado a gostar muito e aprendido bastante. Nesta fase tenho-me adaptado à equipa, mas é um grande treinador, sem dúvida, que me vai ajudar a crescer".

Em Alvalade terá de disputar o lugar com Nuno Mendes, Matheus Reis e Antunes, um facto que "não o assusta nem o deixa confortável". "Estamos aqui todos para o mesmo, que é ajudar o Sporting a alcançar os seus objetivos. O mais importante é chegar ao fim sabendo que atingimos os objetivos do Sporting", acrescenta o esquerdino que também se mostra disponível para jogar na ala direita: "Eu sou capaz de jogar onde o mister entender que eu tenho de jogar. Não tenho escolha nem preferência, se o mister decidir que vou jogar ali é o que farei". 

Aos adeptos promete que verão um "jogador que gosta de ter a bola e a apoiar a equipa" e não se mostra receoso de entrar numa equipa que é campeã nacional. "Venho com a ambição de crescer, evoluir e ajudar o Sporting a conquistar os seus objetivos", revelou, antes de admitir que também espera estrear-se na Champions: "Toda a gente sonha jogar na Liga dos Campeões, eu não sou diferente. É um grande palco que pode ser muito bom para me ajudar a crescer".

Olhos na Supertaça

A época do leões começar no dia 31 de julho, com a disputa da Supertaça, e o esquerdino não deixou de considerar o jogo "importantíssimo". "Dá um troféu, uma taça, e temos de encarar esse desafio como todos os outros. É preciso entrar com a consciência que estamos a representar o Sporting para tentar vencer o jogo", sublinha antes de garantir que a Seleção Nacional ainda não está no seu horizonte: "Neste momento o meu foco não é esse, é o Sporting. Primeiro tenho de estar bem aqui para depois pensar no resto". 

Para terminar, o reforço leonino ainda garante que o processo de adaptação está praticamente concluído. "Tenho sido muito bem recebido pelos colegas e estou muito contente por estar de volta. Estou a gostar muito e a aprender a cultura do mister e o futebol do Sporting que é um clube muito grande que disputa várias competições. Eu sabia que seria um desafio que me faria crescer", assinala, antes de comentar o reencontro com Daniel Bragança e Luís Maximiano: "Fica mais fácil. Mesmo os que não conhecia têm sido muito acessíveis e está a ser uma adaptação fácil. Para mim foi um passo importante pois o Sporting é um clube grande que nos dá muitas condições....sinto-me preparado para aqui estar".

Por João Soares Ribeiro
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.