Supporting atiram-se a Bruno de Carvalho: «Não foi eleito para ser 'polícia da moda'»

Banda de apoio aos leões comenta decisão do presidente em retirar CD's do grupo da Loja Verde

Os Supporting, banda de apoio aos leões, divulgaram esta segunda-feira um comunicado na sequência dos dois álbuns do grupo terem sido retirados de circulação da Loja Verde sob ordem de, alegam, Bruno de Carvalho.

"Na sequência da atitude do Presidente do Sporting Clube de Portugal- Bruno de Carvalho em retirar os nossos dois álbuns de circulação da Loja verde e de vedar aos sportinguistas a possibilidade de ouvir as nossas músicas no estadio, pavilhão e Sporting TV - facto devido a um post inócuo no Facebook pessoal e privado do nosso vocalista Pedro Marques, sobre a Assembleia geral - sentimo-nos na obrigação de por este meio esclarecer publicamente os sportinguistas sobre esta triste situação", pode ler-se no e-mail enviado às redações.

Leia aqui o comunicado na íntegra

"A questão é que o Sr. Presidente Bruno de Carvalho, toldado pela dissidência de opinião de Pedro Marques, entendeu que Pedro Marques é os Supporting, mas o erro é crasso e flagrante, e daí que os Supporting tenham de esclarecer que nem Pedro Marques é os Supporting, nem o Sr. Presidente Bruno de Carvalho é o Sporting Clube de Portugal, sendo de facto o legítimo presidente eleito por cerca de 90% dos sócios votantes; E mesmo que o Sr. Presidente do Sporting Clube de Portugal não gostasse dos Supporting, também caberia ao mesmo "sanear" os Supporting por esse motivo, pois não foi eleito para ser "polícia da moda" e contrariar o gosto de milhares de Sportinguistas que se revêm nas músicas e nas letras dos Supporting, que apenas e sempre terão o Sporting Clube de Portugal como tema, sem falar dos outros, sem necessidade de menorizar ou atacar rivais ou simplesmente aqueles que têm opiniões ou gostos divergentes dos nossos", adianta o comunicado.


O comentário do Facebook que está na origem

No extenso comunicado, os Sportting começam por sublinhar que "foram fundados [em setembro de 2014] durante o primeiro mandado da direcção do Sr. Presidente Bruno Carvalho e tiveram o apoio institucional desde então, sendo que também todos os produtos criados pelos Suppporting, e com total independência financeira relativamente ao clube, são, por força de vínculo jurídico estabelecido, produtos oficiais do Sporting Clube de Portugal".

E explicam o post que terá então originado toda a situação: "O sócio nº 21.980 do Sporting Clube de Portugal Pedro Marques, que também é pai, trabalhador e vocalista dos Supporting, tem a sua vida pessoal como qualquer outro elemento da banda, sendo que a propósito da AG do dia 3 de Fevereiro de 2018, e atendendo às propostas apresentadas pelo Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal, decidiu, na sua página de Facebook, e num grupo restrito de pessoas, falar sobre o tema, tendo emitido algumas opiniões, algumas contrárias às propostas do conselho directivo, sem insultos, sem linguagem imprópria e mais uma vez se realça, num grupo restrito e fechado de Facebook; Ora fruto das opiniões manifestadas pelo cidadão e sócio Pedro Marques, alguém, cujas intenções seriam criar cisões e antagonismos, terá relatado ou exibido o conteúdo dessa
conversa ao Sr. Presidente Bruno de Carvalho, o qual se terá sentido atingido pessoalmente pelo facto das opiniões de Pedro Marques serem contrárias ao teor das propostas da direcção do clube a submete na pretérita AG; Em acto continuo o Sr. Presidente Bruno de Carvalho, ordenou à direcção da Juventude Leonina de que Pedro Marques também elemento activo na curva Sul, para que o mesmo fosse afastado da sua posição de "capo", algo que não é esfera dos Supporting, porém numa atitude desproporcional, injusta e injustificada, o Sr. Presidente Bruno Carvalho, num momento que exigiria mais lucidez, confundiu o Rossio com a Betesga e ordenou também que as músicas dos Supporting não fossem passadas no Estádio e Pavilhão e a remoção dos CDS dos Supporting das prateleiras da Loja Verde".

A banda sublinha que "estas situações nunca foram comunicadas formal e directamente aos Supporting", tendo decidido não se "pronunciar e aguardar algum contacto oficial por parte de algum representante do Sporting Clube de Portugal, e assim fizeram, sendo que até ao momento, apenas ouviram, com surpresa e tristeza, o Sr. Presidente Bruno Carvalho afirmar na AG 'mas eu sou obrigado a gostar dos Supporting?'".
57
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas