Varandas e o caso Battaglia: «Entendemos que o departamento jurídico do Sp. Braga tenha outra visão»

Presidente do Sporting explicou diferendo com os minhotos em torno da situação contratual do médio argentino

• Foto: Sporting
Frederico Varandas explicou, esta segunda-feira, em entrevista exclusiva ao 'Canal 11', o diferendo que existe entre o Sporting e o Sp. Braga em torno do caso Battaglia.

"Falei pessoalmente com Salvador, entendemos que é discutível, ele percebeu isso mesmo. Disse-me: 'Eu entendo o seu ponto de vista, o seu departamento jurídico tem uma visão, o nosso tem outra'. O contrato que vigorava foi rescindido, o Sporting teve de pagar nova comissão, novo prémio de assinatura e novo contrato. Entendemo-lo assim. Entendemos que o departamento jurídico do Sp. Braga tenha outra visão", confessou o presidente dos leões, que deu o exemplo de Bruno Fernandes e a queixa da Sampdoria: "Eu compreendo a visão. Imagine que Bruno Fernandes tivesse rescindido com o Sporting e iria para a Sampdoria, depois sendo vendido para o Man. United. Iam pagar alguma coisa ao Sporting?"

Recorde-se que o emblema minhoto formalizou, a 29 de abril, uma queixa contra o Sporting no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) relativa à "cessão definitiva de direitos desportivos e partilha de direitos económicos de atleta." Em causa está uma alegada pretensão dos bracarenses em receber 20% de uma futura venda de Rodrigo Battaglia.
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas