Achouri sofreu forte assédio

Avançado de 19 anos estava na mira de FC Porto e Benfica. Tem foco no plantel principal

Mohamed Elias Achouri é o nome do avançado de 19 anos que está pela segunda temporada consecutiva ao serviço dos juniores vitorianos, mas assumiu que já recebeu a garantia da SAD minhota de que irá integrar a equipa B na próxima temporada.

Aposta para o futuro que foi o principal argumento para a administração vitoriana se adiantar ao interesse que vinha a ser manifestado por Benfica e FC Porto, garantindo a sua continuidade no Berço com um contrato profissional válido até 2020 e, também, o motivo que alimenta a expectativa de Achouri de demonstrar o potencial necessário para convencer o treinador José Peseiro a promovê-lo ao conjunto profissional a curto prazo.

"O meu objetivo é chegar à equipa principal na próxima época", admitiu Achouri ao sítio francófono FootMercato, ciente do salto competitivo que o espera, bem como do patamar de qualidade que terá de patentear ao serviço do conjunto B antes de merecer a atenção de José Peseiro.

Nacionalidade em reflexão

Achouri chegou à cidade Berço em 2016 e esta época já leva 10 golos apontados pelos juniores vitorianos. Veia finalizadora que despertou a atenção de Hélio Sousa, selecionador nacional dos sub-19, e abriu a hipótese de Achouri, que tem nacionalidade francesa e tunisina, naturalizar-se português. Possibilidade, contudo, que o avançado diz estar a refletir porque ainda não definiu qual a seleção que pretende escolher.

Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas