As aulas do professor não se limitam ao trabalho de campo

Luís Castro impõe novas regras

• Foto: Simão Freitas

Luís Castro está empenhado em fazer do Vitória uma equipa com capacidade para reproduzir em campo aquilo que ele deseja. E, para que isso aconteça quando os jogos oficiais começarem, há todo um processo para que os jogadores entendam na perfeição as ideias do treinador.

Nesse sentido, além do trabalho de campo que o grupo tem vindo a realizar nas últimas duas semanas, os jogadores têm sido ‘obrigados’ a dar no duro fora das quatro linhas. Luís Castro promove reuniões regulares, normalmente coletivas, com o objetivo de intensificar a absorção dos princípios e das dinâmicas desejadas. Tudo isto alicerçado em suporte vídeo, gravado por elementos do Vitória nos treinos diários e nos jogos de preparação já realizados. O objetivo passa por dar a conhecer aos jogadores aquilo que eles fazem dentro de campo, identificando os erros e mostrando-lhes a forma correta de analisar determinados lances e contextos de jogo.

No entendimento de Luís Castro, o grupo ganhará valências com este tipo de reuniões, sendo que o facto de serem coletivas ajuda a que as dinâmicas sejam entendidas com maior facilidade. Este tipo de ações tem sido hábito nestas duas primeiras semanas de trabalho e é algo a manter. Os jogadores têm gostado dos métodos do treinador, como se pode comprovar pelas várias declarações produzidas.

Santa Clara no Castelo

O Vitória vai abrir as portas do estádio no próximo domingo, para um particular com o Santa Clara. O ensaio está agendado para as 11 horas, o que deve significar uma autêntica romaria ao D. Afonso Henriques.

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas