Bruno Gaspar: «Estamos mais preocupados connosco do que com o Sporting»

Lateral minhoto recusa pressão adicional

• Foto: José Moreira

Bruno Gaspar, futebolista do Vitória de Guimarães, sétimo classificado da Liga NOS, disse esta sexta-feira que a perda do quinto lugar não trouxe mais pressão à equipa na preparação do jogo com o Sporting, da 24.ª jornada.

O lateral-direito, titular no dérbi com o Sporting de Braga, que terminou empatado a três golos e ditou a queda dos vitorianos do quinto para o sétimo lugar, com 33 pontos, após os triunfos de Arouca e Rio Ave, garantiu que a equipa não sente pressão e vai continuar a trabalhar para lutar pelo apuramento europeu.

"Vai ser uma luta como tem sido nos últimos anos, sempre até ao fim. [Temos de] pensar jogo a jogo", afirmou.

A equipa de Sérgio Conceição recebe, na segunda-feira às 20 horas, o Sporting, líder do campeonato, com 58 pontos, mas o jogador, de 22 anos, frisou que os vimaranenses, há oito jogos sem perder, vão tentar arrecadar os três pontos frente a uma equipa que, em sua opinião, vai lutar pelo título até ao final.

"É um dos candidatos ao título. O Benfica também tem estado bem. O FC Porto tem estado a aparecer. Vai ser uma luta a três até ao fim", anteviu.

Os leões foram, nesta quinta-feira, eliminados da Liga Europa, pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha, mas Bruno Gaspar salientou que esse fator preocupa pouco o Vitória, apesar de poder condicionar o rendimento da turma de Alvalade.

"Estamos mais focados no nosso trabalho e mais preocupados connosco do que com o Sporting", adiantou.

O defesa referiu, por outro lado, que a equipa de Guimarães necessita de "corrigir" os muitos golos que tem sofrido - média de 1,83 por jogo na segunda volta.

"Temos sofrido alguns golos, como se tem vindo a dizer, de circo, fruto de alguma sorte do adversário. São coisas que temos de melhorar e trabalhar para corrigir", admitiu.

Bruno Gaspar mostrou-se ainda tranquilo quanto ao desempenho da equipa de arbitragem, após as atuações de alguns juízes na jornada anterior terem sido alvo de críticas.

"Nós vamos fazer o nosso trabalho. Esperamos que a equipa de arbitragem faça o trabalho dela", disse.

Por Lusa
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.