Hurtado e Celis a título definitivo

Dupla de sul-americanos chegou ontem e assinou, apresentando-se hoje às ordens de Pedro Martins

Hurtado brilhou na temporada passada
• Foto: Simão Freitas

Pedro Martins ganhou ontem dois ‘reforços’ de peso. Hurtado e Celis vão seguir no plantel do Vitória, depois de na época passada terem atuado no Berço por empréstimo do Reading e Benfica, respetivamente. A SAD conseguiu recuperar os dois jogadores, sendo que desta vez ambos assinaram a título definitivo. A duração dos contratos, ao que tudo indica, é de quatro épocas.

Se o regresso de Celis já era um dado adquirido, o mesmo não se pode dizer de Hurtado. O peruano era uma das prioridades dos responsáveis, mas o facto de ter mais um ano de contrato com o Reading dificultou as negociações. No entanto, o acordo com o emblema inglês acabou por ser alcançado nos últimos dias e ontem foi finalizado o entendimento com Hurtado, que sempre manifestou o desejo de continuar em Guimarães.

Na época passada, o criativo peruano foi peça-chave na manobra ofensiva do Vitória e realizou uma das melhores temporadas da sua carreira, coroada com o regresso à seleção do Peru. Foi utilizado por Pedro Martins em 40 jogos, 34 deles na condição de titular, marcou nove golos e fez três assistências. Agora volta com altas expectativas e com a ambição de continuar a ter um papel importante, tanto nas competições internas como na Liga Europa, prova que disputou em 2013/14 pelo P. Ferreira.

Quanto ao negócio de Celis, é em tudo idêntico ao que trouxe Bruno Gaspar da Luz para o Berço em 2015. O Vitória assegurou o médio a título definitivo, mas o Benfica mantém uma parte significativa do seu passe. Na época passada, Celis atuou em 16 jogos pelos minhotos.

Por José Miguel Machado
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas