Hurtado perspetiva regresso à titularidade

Peruano falhou os últimos três encontros devido a problemas físicos

• Foto: Simão Freitas

O avançado Hurtado falhou os últimos três jogos oficiais (Feirense, Vasco da Gama e Marselha) que o Vitória realizou devido a um problema muscular numa das coxas, mas já deixou de fazer parte das preocupações do departamento médico logo após a comitiva minhota ter regressado de França e integrou sem limitações todas as sessões de trabalho que o plantel realizou, tendo em vista a receção ao Portimonense.

Disponibilidade com direito a um lugar reservado no onze inicial para a jornada que se avizinha, como deixa em perspetiva a linha de confiança que o treinador Pedro Martins tem vindo a depositar no internacional peruano. Por outras palavras, sempre que Hurtado se apresentou em condições físicas de jogar esta época, o técnico minhoto nunca abdicou do seu potencial e quase sempre lhe reservou um lugar no onze inicial.

Dinâmica que Pedro Martins entende exercer uma influência indispensável na manobra da equipa, até porque a única exceção à regra aconteceu no Bessa, com Paolo Hurtado a começar no banco, mas a entrar após o intervalo para ajudar o coletivo a vencer o jogo.

Corredores em estudo

O avançado Rafael Martins e o guardião Miguel Silva foram os únicos jogadores titulares na Taça de Portugal com direito a jogar de início frente ao Marselha. Revolução que não terá linha de continuidade para a partida frente ao Portimonense, dado que Pedro Martins deverá manter a estrutura da equipa que jogou em França, apesar de estar a equacionar a possibilidade de aliviar o desgaste acumulado nos corredores, com João Aurélio e Konan a darem lugar a Víctor García e Vigário, respetivamente.

Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas